Hospitalidade e belezas de Minas Gerais à espera dos turistas nas férias de verão

0

Viajar é, para muitos, prioridade. Isso faz do turismo importante segmento econômico. Em Minas Gerais, quase meio milhão de empregos são gerados pela atividade. E os números mostram que os mineiros fazem jus à fama de hospitaleiros. Segundo dados da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), o estado é o segundo do país em quantidade de turistas que soma 10,5 milhões por ano. Em 2014, a receita foi R$ 16,7 bilhões, aumento de 22% em relação ao ano anterior. A expectativa é a de que em 2015 haja crescimento de 19,8%.

Segundo o diretor de Pesquisa e Informação Estatística da Setur, Rafael Oliveira, o diferencial é o “jeitinho mineiro”.  “Os empresários do setor são desde moradores de fazendas até grandes negociantes. Mas, em comum, o prazer em receber faz com que o estado cresça em quantidade e qualidade. Por isso, não há cenário de crise por aqui” comenta.

As opções atendem preferências variadas. Cerca de um terço dos turistas viaja a lazer. E a diversão preferida deles é o turismo cultural, que representa quase a metade destes roteiros. Para as férias de verão, programação traz festivais, festas populares, e roteiros alternativos para todos os bolsos. Segundo dados do Ministério da Cultura, Belo Horizonte foi a sétima cidade do país em número de turistas no ano passado. Confira possibilidades interessantes da capital e região:

Circuito Liberdade 



Teatro

A tradicional e aguardada Campanha de Popularização do Teatro e da Dança promete agitar a vida cultural dos belohorizontinos entre os dias 06 de janeiro e 06 de março de 2016. Em sua 42ª edição, o evento resgata os grandes sucessos teatrais apresentados durante o ano, a preços promocionais. Estão previstos mais de 170 espetáculos em todos os teatros da cidade. Para programação completa, acesse, a partir do dia 1 de janeiro, o site www.sinparc.com.br.

Referência em Arte Contemporânea

Localizado na cidade de Brumadinho, o Inhotim é considerado um dos maiores museus contemporâneos a céu aberto do mundo e oferece ao visitante um grande conjunto de obras de arte, expostas em galerias e em conjunto com um jardim botânico de rara beleza. O acervo abriga mais de 500 obras de artistas nacionais e internacionais. Passeio imperdível nas férias de janeiro.

Cidade: Brumadinho

Distância de BH: 60 km

Mais informações: www.inhotim.org.br

Giro histórico 

Aqueles que gostam de bater perna nas ladeiras mineiras, tem movimento constante nas cidades históricas:



Distância de BH: 190 km

Tem que conhecer: Chafariz de São José, Igreja Nossa Senhora do Rosário, Igreja Matriz de Santo Antônio, Serra de São José.

Mais informações: www.minasgerais.com.br

Uma viagem no tempo

A primeira cidade brasileira e uma das primeiras do mundo a ser declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, Ouro Preto foi construída por artistas e escravos, no auge do Ciclo do Ouro. Passear pelas suas ruas nos faz sentir espectadores vivos da história. Primeira vila, bispado e capital de Minas Gerais, Mariana é uma das mais importantes cidades históricas do Brasil, sendo a primeira e única cidade do período colonial com traçado urbanístico projetado. Possui um dos mais belos conjuntos arquitetônicos representativos do barroco de Minas Gerais. Seu charme é inigualável.

Cidade: Ouro Preto

Cidade de Ouro Preto, região Central, vista do alto – Foto: Divulgação/Setur

Distância de BH: 97 km

Tem que conhecer: Maria Fumaça, Matriz Nossa Senhora da Conceição, Museu da Inconfidência, Igreja São Francisco de Paula, Igreja Nossa Senhora do Carmo, Parque Estadual do Itacolomi.

Mais informações: www.minasgerais.com.br

Cidade: Mariana

Distância de BH: 114 km

Tem que conhecer: Mina da Passagem, Maria Fumaça, Museu Casa Alphonsus de Guimaraens, Praça Minas Gerais, Catedral Basílica da Sé, Museu Arquidiocesano de Arte Sacra.

Mais informações: www.minasgerais.com.br

Sabará

A história de Sabará tem suas raízes nos primórdios da colonização do Brasil e está intimamente relacionada à lenda do Sabarabuçu. Região de limites imprecisos, o Sabarabuçu atraiu inúmeros aventureiros para seu sertão. A busca dos sertanistas era pela riqueza das serras: prata e pedras preciosas.

No Centro Histórico está localizada a maioria dos atrativos históricos e arquitetônicos: igrejas do século XVIII, o Teatro Municipal, o Museu do Ouro, chafarizes e o casario de arquitetura colonial. Há igrejas em Sabará que mesclam características artísticas de diferentes fases do barroco mineiro. A Matriz de Nossa Senhora da Conceição apresenta características de três períodos da Arte Barroca, fato raro nas cidades históricas de Minas Gerais.Além das características históricas, integram a paisagem, com rara beleza, vasta natureza e muitas montanhas.

Cidade: sabará

Distância de BH: 23 km

Tem que conhecer: Museu do Ouro e gastronomia local, especialmente produtos feitos de jaboticaba.

Outras informações: www.iepha.mg.gov.br

Diamantina

Diamantina é uma cidade que soube conservar sua arquitetura, cultura e natureza para se tornar uma das cidades históricas mais conhecidas e visitadas do Brasil. Possui um casario colonial de inspiração barroca, construções históricas e igrejas seculares, que carregam consigo mistérios que fazem parte da cultura popular dos diamantinenses. A musicalidade, com suas serenatas e vesperatas faz das ruas da cidade um verdadeiro show. Para completar, a paisagem cênica que envolve a cidade é uma das mais deslumbrantes de toda Minas Gerais.

Estas características, além de encantar a todos, trouxeram para a cidade, em 1999, o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, entregue pela UNESCO. A cidade é um lugar onde o erudito e o popular se misturam em obras autênticas da musicalidade mineira, fazendo de Diamantina um dos destinos mais singulares para visitação em Minas Gerais.

Cidade: Diamantina

Distância de BH: 190 km

Tem que conhecer: Cachoeira dos Cristais, Casa Juscelino Kubitschek, Vesperata, Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Igreja Nossa Senhora do Carmo, Mercado Municipal.

Mais informações: www.minasgerais.com.br

Aventura e natureza

Ainda de acordo com os dados da Setur, o ecoturismo fica em segundo lugar, com 34%. Os três parques mais visitados são Ibitipoca (80mil pessoas), Peter Lund (52 mil) e Serra da Canastra (48 mil). Voar de parapente sobre a Serra da Moeda é um misto de adrenalina e liberdade. Na Serra do Cipó, os aventureiros podem aproveitar das mais variadas atividades, como trekking, canoagem e rapel.

Conhecida com a Terra das Cachoeiras, Carrancas vem desenvolvendo o ecoturismo como alternativa econômica e atrativos não faltam para a prática da atividade. Paz, aventura em meio a natureza fazem de Carrancas um destino imperdível para quem curte a vida ao ar livre. Caminhadas, cachoeiras e paisagens relaxantes atraem turistas em busca de banhos refrescantes e contato com a natureza.

Cidade: Carrancas

Distância de BH: 299 km

Tem que conhecer: Cachoeira dos Anjos, Cachoeira do Moinho, Igreja Matriz de Carrancas, Cachoeira da Serrinha.

Mais informações: www.minasgerais.com.br

Conheça outras possibilidades de roteiros de aventura



Rota das Grutas Peter Lund

Próximo à capital encontra-se uma das mais importantes áreas de visitação de cavernas do Brasil. A Rota das Grutas Peter Lund abriga três belíssimas grutas e tem no ecoturismo e no turismo de aventura as suas principais atrações. Passando pelos municípios de Cordisburgo, Lagoa Santa, Pedro Leopoldo e Sete Lagoas, a área abrange ainda três unidades de conservação: o Parque Estadual do Sumidouro, em Lagoa Santa e Pedro Leopoldo; o Monumento Natural Gruta Rei do Mato, em Sete Lagoas, e o Monumento Natural Peter Lund, em Cordisburgo.



Outras alternativas 

Museu de Ciências Naturais – Rua Dom José Gaspar, 290 – Coração Eucarístico – BH/ MG – (31) 3319-4152. Funciona de 3ª a sab. (inclusive feriados), das 9h às 17h.

Trilha Lagoa do Sumidouro – Praça Fernão Dias, 10 – Entorno do Aeroporto de Confins – Distrito de Quinta do Sumidouro/Lagoa Santa/MG – (31) 3661-8122. Funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 17h.

Roteiros relax

O turista que prefere a calma também encontra destinos ideais para relaxar e cuidar do corpo e da mente. As águas do Sul de Minas são famosas pelos poderes medicinais. Araxá, Poços de Caldas, São Lourenço, Caxambu e Cambuquira são destinos perfeitos para aqueles que buscam bem estar.

Cidade: São Lourenço

Distância de BH: 397 km

Tem que conhecer: Parque das Águas, Trem das águas, Maria Fumaça, Teleférico, Memorial Tancredo Neves, Aldeia Vila Verde, Mirante, Ilha dos amores.

Mais informações: www.minasgerais.com.br

Cidade: Caxambu

Distância de BH: 380 km

Tem que conhecer: Parque das águas, Teleférico ao Morro do Caxambu, city tour de charrete, Praça XVI de Setembro, Centro de Artesanato, Horto Florestal.

Mais informações: www.minasgerais.com.br

Clima de romance

Para curtir a dois ou em família Monte Verde oferece charme e romance. Situada na Serra da Mantiqueira, a vila mantém costumes trazidos pelos primeiros moradores e possui influência alemã, suíça e italiana. Os visitantes podem aproveitar os atrativos de natureza e escalar as altas montanhas da Serra da Mantiqueira ou fazer caminhadas nas trilhas que levam até o topo da Serra. Lá de cima, é possível ver toda Monte Verde, Campos do Jordão e outras cidades do Vale do Paraíba. Atividades como caminhadas por trilhas, passeios a cavalo, montanhismo ou até mesmo contemplação da natureza são algumas das opções que o local oferece.

Cidade: Monte Verde

Distância de BH: 488 km

Tem que conhecer: Pico do Selado, Mirante, Trilha do Pinheiro Velho.

Mais informações: www.minasgerais.com.br

Furnas

O Lago de Furnas é a maior extensão de água do estado de Minas Gerais e um dos maiores lagos artificiais do mundo. São quase 1.500 km² de águas cristalinas, o que o torna quatro vezes maior que a Baía de Guanabara. O Lago foi criado pela barragem de Furnas, na década de 60, e hoje é conhecido como o “Mar de Minas”.

Furnas abrange 34 municípios e a riqueza de suas águas é evidente: formam-se lagos, cachoeiras, balneários e piscinas naturais que convidam para um agradável passeio náutico, pesca esportiva ou para a prática do ecoturismo. Ao redor do Lago, lojas, hotéis, pousadas e restaurantes com o que a região tem de melhor a oferecer aos turistas.

Cidade: Furnas

Distância de BH: 315 km

Tem que conhecer: Paraíso Perdido, Cachoeira do Filó, Lagoa Azul, Mirante da Usina, Passeio de Chalana, Cachoeira Fecho da Mata.

Mais informações: www.minasgerais.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.