Polícia Civil identifica corpo da 253ª vítima da barragem da Vale em Brumadinho

0

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informou nesta quarta-feira (13/11/2019) que identificou a 253ª vítima do rompimento da barragem de Córrego do Feijão, no município de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Miraceibel Rosa era funcionário terceirizado da mineradora Vale e foi identificado por meio de exame de DNA.

Nove meses após a tragédia, 17 pessoas ainda seguem desaparecidas. O Corpo de Bombeiro de Minas Gerais permanece realizando buscas para encontrar os corpos. A barragem se rompeu em janeiro deste ano, resultando em mortes e na destruição de casas e equipamentos públicos no município de Brumadinho.

Na semana passada, a Agência Nacional de Mineração (ANM) divulgou relatório técnico assinalando que a tragédia poderia ter sido evitada se a Vale tivesse prestado informações corretas ao Sistema de Integrado de Gestão de Segurança de Barragens de Mineração (SIGBM). O órgão fez 24 autuações à Vale.

Também na semana passada, a Comissão Parlamentar de Inquérito criada para avaliar o caso concluiu os trabalhos com o indiciamento da Vale e da companhia alemã Tuv Sud, além de 22 pessoas das duas empresas por homicídio doloso.

VER PRIMEIRO: Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.