Polícia Civil conclui investigações de homicídio em Governador Valadares

0

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Governador Valadares, concluiu as investigações que apuraram o homicídio de Rodrigo Ebenezer Moreira de Lima, de 22 anos, morto a tiros, em janeiro, no bairro Vila Parque Ibituruna. Conforme apurado, Jerfeson A.S, 23, e Maicon D.P.S, 25, armaram uma emboscada e mataram Rodrigo com três disparos. De acordo com a equipe de investigadores da Delegacia de Crimes Contra a Vida e Pessoas Desaparecidas (DCCV), o crime foi motivado por uma discussão durante as comemorações da virada de ano.


[adrotate banner=”26″]



A PCMG representou pelas prisões preventivas dos investigados. Jerfeson foi preso em Caratinga, a 150 quilômetros de Governador Valadares. Contra ele também havia um mandado de prisão por tráfico de drogas, ocorrido em 2016. Jerfeson encontra-se recolhido no Sistema Prisional.

O outro indiciado, Maicon, permanece foragido. Segundo o Delegado Luciano Cunha de Lima, que presidiu as investigações, o jovem “tem personalidade violenta, possui três passagens pelo Sistema Prisional, e saiu da prisão em 2016. Foi indiciado em crimes de tentativa de homicídio, homicídio, quatro vezes por tráfico de drogas, disparo de arma de fogo e posse/porte ilegal de arma de fogo”, afirmou.

Ainda de acordo com o Delegado, os dois suspeitos andavam armados naquele bairro e se diziam donos do território. Durante coletiva de imprensa, o Delegado fez um apelo à imprensa e à população para que a PCMG possa localizar e prender Maicon. “Este rapaz deve ser retirado de convívio social, o mais rápido possível, visto sua alta periculosidade”, concluiu.

Foto: Divulgação/PCMG

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:

[adrotate banner=”27″]

(Fonte: PCMG)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.