Alunos dos Vales se destacam na Olimpíada Brasileira de Matemática

0

Júlia Lopes, de 12 anos, ganhou pela 2ª vez a medalha de ouro nível I.
Escola de Sobrália também foi destaque na OBMEP com 6 medalhas.

Uma das medalhas de ouro da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP/2013) foi para uma estudante de Bom Jesus do Galho, no Vale do Rio Doce. Dedicada aos estudos, Júlia Lopes Teixeira, de 12 anos, faturou pela 2ª vez a medalha de ouro nível I, para alunos do 6º e 7º anos. Neste ano, Júlia ficou no 1º lugar nacional dentre as escolas municipais e estaduais e no 4º lugar geral, incluindo as escolas federais.


Em 2012 Júlia Lopes (Centro) também conquistou medalha de ouro na OBMEP. (Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

“Fiquei muito feliz com o resultado, principalmente pela classificação, que melhorou em relação ao ano de 2012. Para isso, durante a minha preparação, utilizei o banco de questões da OBMEP, do PIC, e contei com o apoio do professores na escola e do incentivo dos meus pais”, revela Júlia Lopes.

O resultado da 9ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas foi divulgado pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), na sexta-feira (29). Entre os 6 mil medalhistas deste ano, Minas Gerais ficou em primeiro lugar, com 140 estudantes medalhistas de ouro, 253 de prata e 1.199 de bronze.

São Paulo ficou com a segunda posição com 109 medalhas de ouro, 183 de prata e 918 de bronze. O Paraná foi o terceiro colocado, com 33 de ouro, 81 de prata e 323 de bronze. Em quarto lugar, aparece o Rio de Janeiro, com 54 medalhas de ouro, 78 de prata e 210 de bronze.

Sobrália

Em Sobrália, no Vale do Rio Doce, a Escola Estadual José Severino fez festa para comemorar o resultado dos alunos da escola. “A Escola Estadual José Severino está em festa porque seis alunos da nossa escola foram premiados com medalhas na etapa nacional da OBMEP. Ao todo, foram uma medalha de ouro, duas de prata e três de bronze. Isso se torna ainda mais importante para a gente porque a partir deste ano os alunos medalhistas garantem bolsa em uma universidade federal na área de exatas, para quando forem estudar”, declara o professor Helvânio Carvalho Júnior.

O professor e coordenador regional da OBMEP 2013, Carlos Torrente, elogiou o desempenho do município de Sobrália. “Sobrália tem medalhistas em todas as edições da OBMEP. A escola tem professores que se empenham na preparação dos alunos. Isso mobiliza toda a comunidade. Esta foi a 1ª medalha de ouro de Sobrália e, no sábado teve uma carreata com fogos de artifício devido ao resultado alcançado”, conta Carlos Torrente.

LISTA COM TODOS OS PREMIADOS:
PREMIADOS COM MEDALHA DE OURO
PREMIADOS COM MEDALHA DE PRATA
PREMIADOS COM MEDALHA DE BRONZE
PREMIADOS COM MENÇÃO HONROSA

Abaixo a lista de alunos medalhistas de ouro da Região

MEDALHISTAS DE OURO – NÍVEL I (Alunos do 6º e 7º ano)

– Júlia Lopes Teixeira, Escola Estadual Dionísio Homem de Faria em Bom Jesus do Galho.
– Matheus Teixeira Soares, Escola Estadual Doutor Guilhermino de Oliveira em Inhapim.
– Maurício Teixeira Soares, Escola Estadual Doutor Guilhermino de Oliveira em Inhapim.
– Diniz José de Oliveira Filho, Escola Estadual Doutor Guilhermino de Oliveira em Inhapim.
– Letícia Torres Silva, Escola Estadual Querobino Marques de Oliveira em Inhapim.
– Marcos Paulo Ferreira da Cruz, Escola Estadual José Severino em Sobrália.
– Mateus Felipe Ribeiro Ambrósio, Escola Estadual Nossa Senhora de Fátima em Nova Era.
– Gabriel Roberto Nicácio Horta, Escola Municipal Irmã Maria Amália em Teófilo Otoni.
– Isadora Lemos Gomes, Escola Municipal Irmã Maria Amália em Teófilo Otoni.
– Sofia Dias Campos Machado, Escola Estadual Reverendo Boanerges Almeida Leitão em Vargem Alegre.

MEDALHISTAS DE OURO – NÍVEL II (Alunos do 8º e 9º ano)

– Joaquim Victor Miranda Dias, Escola Estadual Barão do Rio Branco em Cachoeira do Pajeu.
– Stela Moreira Silva, Escola Estadual Dona Eleonora Nunes Pereira em Itabira.
– Luana Aparecida Soares Costa, Centro Educacional em João Monlevade.
– Nathália Lage Vargas, Escola Estadual Santa Maria em Itabira.

MEDALHISTAS DE OURO – NÍVEL III (Alunos do ensino médio)

– Pedro Henrique Ribeiro, CEFET-MG EM Timóteo.

Por Diego Souza/G1 Vales

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.