Polícia Civil conclui investigação sobre latrocínio em Governador Valadares

0
Anglo Queimadas

Após nove meses de investigação, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu, na última semana, o inquérito que apurou o crime de latrocínio ocorrido no dia 21 de dezembro de 2019 que vitimou um idoso, de 77 anos, no distrito de Baguari, no município de Governador Valadares (MG). Três suspeitos foram indiciados pela participação no crime e outros dois pela receptação de dois telefones celulares roubados.

No dia dos fatos, os três suspeitos, de 34, 35 e 47 anos, teriam ido até a casa do idoso, localizada na área rural, próxima à BR-381, com a intenção de furtar bens de valor da vítima. No entanto, ao chegarem ao local, um deles aguardou dentro do carro, enquanto os outros dois invadiram a residência, torturaram o morador e o mataram.

Segundo a delegada que conduziu as investigações, Lilian de Cales, o idoso foi encontrado sem vida, com pés e mãos amarrados e um ferimento contundente na cabeça. “A partir daí, iniciamos as investigações que, devido à complexidade do caso e, considerando que não havia indícios preliminares que apontassem a autoria, demandaram emprego de várias técnicas de inteligência e investigação. Com o laudo médico-pericial, foi concluído que a vítima faleceu em decorrência de traumatismo craniano”, salientou.

De acordo com as investigações, o imóvel da vítima já havia sido alvo de furto no início do ano passado. O crime foi planejado por um ex-funcionário do local que, inclusive, participou do latrocínio.

Com a identificação dos três suspeitos, a PCMG representou pelas prisões deles durante as investigações. Eles foram presos e permanecem à disposição da Justiça.

Vídeo sobre o caso:

Quer saber as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão? Siga-nos no Facebook @aconteceunovale, Twitter @noticiadosvales e Instagram @aconteceunovale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui