Polícia Civil indicia advogado por estelionato em Brasília de Minas

0
Anglo Queimadas

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Brasília de Minas, indiciou um advogado pelo crime de estelionato judiciário em continuidade delitiva. A informação foi divulgada na manhã desta terça-feira (22/9/2020).

Conforme apurado pela PCMG, por mais de dez anos o advogado suspeito atuou em processos judiciais e falsificou termos de nomeação de advogado dativo emitidos pelos juízes da comarca. Advogado dativo é aquele nomeado pelo juiz e pago pelo Estado para atuação em processos nos quais a parte não possui condições financeiras para a contratação.

Durante as investigações, foram encontrados 47 termos comprovadamente falsos. A PCMG acredita que existam outros termos adulterados emitidos pelo advogado, já que as buscas foram feitas por amostragem e o suspeito atua em mais de cinco mil processos na comarca.

Após finalizado o inquérito, na segunda-feira (21), o procedimento foi encaminhado à Justiça, com indiciamento do advogado.

Quer saber as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão? Siga-nos no Facebook @aconteceunovale, Twitter @noticiadosvales e Instagram @aconteceunovale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui