Manifestantes pedem melhorias no Aeroporto Coronel Altino Machado, em Governador Valadares

0
Semana do Empreendedorismo Sebrae Nanuque

Representantes do movimento “SOS Aeroporto” realizaram uma manifestação na entrada do Aeroporto Coronel Altino Machado, em Governador Valadares (MG), na manhã desta sexta-feira (08/01/2016). Eles utilizaram cartazes e carros de som para cobrar melhorias da infraestrutura do local.

O professor Ilvece Cunha, um dos organizadores do movimento, disse que a principal reivindicação é que o local seja aparelhado para receber aeronaves em quaisquer condições climáticas. Eles querem ainda a instalação de esteira para recuperação de bagagens, um sistema de climatização do saguão, área de raios X; troca do mobiliário do saguão e área de embarque com acesso a tomadas de energia elétrica e a reestruturação dos banheiros do aeroporto, além de cobertura das vagas de estacionamento.

O aeroporto de Governador Valadares conta com cinco guichês de atendimento, destes, quatro são de empresas de aluguel de veículos, e apenas um, é destinado à companhia aérea que atende o município. Diariamente, três voos saem da cidade em direção ao aeroporto de Confins, em Belo Horizonte (MG).

O médico Mário Tadeu Souza, aguardava para embarcar para Belo Horizonte e estava insatisfeito com a estrutura do ambiente “Parece que estamos em uma sauna, muito calor e pessoas em pé. Eu mesmo estou aguardando voo e não tenho lugar pra sentar. Uma das maneiras de melhorar isso é entregar para a iniciativa privada”, afirma.

A técnica de enfermagem, Eliete Figueroa, também estava indignada com a situação do aeroporto. Ela aguardava o voo com os sobrinhos que tem deficiência auditiva. “É difícil, porque eles são acostumados a viajar em aeroportos de grande porte, que tem painéis eletrônicos, e aqui não tem nada, eles estão nervosos querendo saber que hora que sai o voo. O aeroporto é muito pequeno e não tem comodidade nenhuma. É muito desconfortável”, desabafa.

Saguão lotado no aeroporto de Governador Valadares (Foto: Sávio Scarabelli / G1)

O que diz a prefeitura

Em nota, a prefeitura de Governador Valadares informou que o Projeto da Zona de Proteção Aero Portuária (ZPA) já foi analisado e aprovado e está em fase de formatação final para encaminhamento ao Instituto de Cartográfica Aeronáutica que fará análise para liberação. A nota diz ainda que “o que tem propiciado o impedimento de alguns pousos e decolagens em parte é a questão do instrumento e em parte a segurança de voo, que é determinada pela companhia aérea Azul”.

A prefeitura esclareceu também que a esteira de bagagens está prevista no projeto que será realizado pela Secretaria de Aviação Civil (SAC) no novo terminal de passageiros, que deve ser construído com investimentos de R$ 25 milhões. A construção deve contemplar a troca do mobiliário e a instalação de tomadas. O processo de compra do sistema de climatização para o terminal, incluindo sala de Raio X, já está em andamento. A previsão é que isso ocorra até fevereiro deste ano.

Em relação à vinda de uma nova empresa, o município informou que a prefeita já se reuniu com o secretário de Estado de Desenvolvimento, diretor-presidente da Flyways, com o presidente da Infraero, e com o Secretario de Aviação Civil, para viabilizar a nova companhia bem como os investimentos para operar o terminal.

(Fonte: Inter TV dos Vales / G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.