Coleta de lixo é interrompida em Governador Valadares por causa de dívida

0

A Prefeitura de Governador Valadares informou na tarde desta sexta-feira (8/1/2016) que o serviço de recolhimento de lixo na cidade está parado. Segundo a assessoria de comunicação da administração, a interrupção é devido a uma dívida do Executivo junto às empresas responsáveis pelos serviços de limpeza e coleta de lixo.

O débito seria resultado da defasagem entre o valor arrecadado com a Taxa de Resíduos Sólidos, cerca de R$ 12 milhões, e o valor pago às empresas, em aproximadamente R$ 32 milhões. De acordo com a nota emita pelo município, a diferença de R$ 20 milhões é coberta pelos cofres públicos, mas a inadimplência de 40% no pagamento da Taxa de Lixo teria agravado a situação.

“Somado a tudo isto, nos últimos dois meses houve um aumento de 15% no volume de lixo em função da grande quantidade de garrafas plásticas de água mineral distribuídas na cidade, depois da chegada da lama proveniente do rompimento da barragem da Samarco, o que aumentou o valor a ser pago, já que é determinado pela quantidade de lixo recolhido. Ao longo do último ano, para adequar receita e despesa, a Prefeitura já vem reduzindo equipes e deixando de investir no serviço de limpeza, assim como promovendo campanhas junto à comunidade em relação ao lixo e ao meio ambiente”, informa a nota.

De acordo com a Prefeitura, estão sendo buscadas soluções para realizar os pagamentos e reestabelecer o sistema de coleta de lixo. O valor da dívida com as empresas responsáveis pela coleta de lixo não foi informado. (G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.