Jovem é preso com grande quantidade de maconha em Franciscópolis

0
Semana do Empreendedorismo Sebrae Nanuque

Polícia Militar encontrou 120 buchas de maconha durante buscas pessoal e na casa do autor.

Um jovem de 21 anos foi preso com uma grande quantidade de material entorpecente na tarde desse sábado, 7 de fevereiro, na região central de Franciscópolis, no Vale do Mucuri. De acordo com o registro de ocorrências da Polícia Militar, um denunciante anônimo acionou o 190 e informou que Nilson Soares da Silva, conhecido como Zezinho, estaria vendendo drogas no cruzamento da Rua Nossa Senhora das Graças com Rua Celestino Ferreira.

Diante da denúncia, uma guarnição policial foi deslocada até o local, onde os militares avistaram o suspeito e outros indivíduos. Ao perceberem a viatura, os indivíduos correram em direção a um escadão e não foram mais vistos, porém Nilson foi abordado.

Ainda segundo a PM, durante busca pessoal, foi encontrado nove buchas de maconha no bolso da bermuda do autor. Em continuidade a ocorrência, os militares deslocaram até a residência do autor, onde o avô dele franqueou a entrada para buscas nos pertences de Nilson, já que ele informou possuir mais drogas em uma bolsa azul, que estaria debaixo da sua cama.

Na casa, os policiais encontraram a referida bolsa, onde havia 103 buchas de maconha, prontas para venda. Após averiguação nos demais pertences de Nilson, foram encontrados oito buchas de maconha em algumas roupas. No interior de um fogão a lenha, foram encontrados dois pinos, sendo um vazio e outro com cocaína.

Diante dos fatos, Nilson Soares da Silva foi preso em flagrante e conduzido a Delegacia de Polícia para demais providências. Conforme a PM, durante o registro de ocorrências, o autor confessou o crime e disse que comprou um quilo da droga após ter recebido uma quantia no local onde trabalhava.

No total, 120 buchas de maconha foram apreendidas pela PM – Foto: Divulgação/Polícia Militar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.