Situação de hospital em Teófilo Otoni será discutida em audiência na ALMG

1

No último mês de março, a diretoria técnica do Hospital Santa Rosália, de Teófilo Otoni (Vale do Mucuri), informou ao seu corpo clínico que, na ausência de um posicionamento dos órgãos competentes sobre a situação caótica da instituição, todas as suas atividades serão paralisadas a partir da próxima quinta-feira (25/04/2019).


[adrotate banner=”26″]



Com o objetivo de encontrar uma solução para o problema, a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza audiência pública nesta quarta-feira (24/4/19), às 14h30, no Plenarinho I.

Em ofício encaminhado aos médicos do hospital, o diretor clínico, Marcos Antônio Amaral, comunica que a unidade está em situação falimentar, com dívidas de R$ 90 milhões, um deficit mensal de R$ 1,5 milhão, estoques de insumos e medicamentos em nível crítico e o pagamento de honorários médicos atrasados.

O diretor destaca, no mesmo documento, que o hospital é referência no atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em uma das regiões mais pobres do Estado, alcançando mais de um milhão de habitantes de mais de 60 cidades de pequeno e médio porte.

O deputado Doutor Jean Freire (PT), que solicitou a reunião, ressalta a extrema importância do debate, tendo em vista a proximidade do prazo estabelecido para o fechamento da unidade. “Nós esperamos que, com a realização da audiência, seja encontrada uma saída para a questão e o hospital continue funcionando normalmente”, afirma o parlamentar.

Convidados – Entre os convidados a participar da reunião o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Silva, o prefeito de Teófilo Otoni, Daniel Sucupira, o provedor do Hospital Santa Rosália, Ilter Martins e representantes de entidades sindicais.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:

[adrotate banner=”27″]

(Fonte: ALMG)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.