Home / Brasil / Direto de Brasília

Direto de Brasília

JERÚSIA ARRUDA – www.facebook.com/jerusia.arruda

INSS INICIA OPERAÇÃO PENTE-FINO
A partir desta segunda-feira, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) volta a convocar beneficiários de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez para perícias. O objetivo da nova fase da operação Pente-Fino é investigar se os benefícios têm sido concedidos de maneira irregular. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, responsável pelo INSS, 530 mil beneficiários de auxílio-doença e 1,1 milhão de aposentados por invalidez deverão ser chamados. Quem recebe algum desses benefícios e não faz exames há mais de dois anos deve ficar atento à caixa de correio, já que as convocações serão feitas por meio de carta. Os beneficiários têm até cinco dias úteis, após o recebimento, para marcar a perícia pelo número de telefone 135. Caso não agendem, eles perderão automaticamente o benefício.

VIOLÊNCIA DISFARÇADA
O estupro coletivo de uma menina de 11 anos, no último sábado, deixa claro que por trás de uma aparente segurança na capital federal, se esconde uma estatística preocupante. Em 2016, houve 392 registros de abusos contra crianças e adolescentes no DF, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública. Uma média de mais de um caso por dia, sendo a maioria dos abusos praticados contra meninas. De acordo com o levantamento da secretaria, as ocorrências de estupro em geral cresceram no ano passado em relação a 2015. Foram 525 casos entre janeiro a setembro de 2016. No mesmo período do ano anterior, houve 458 registros.

RACIONAMENTO DE ÁGUA
A partir desta segunda-feira, o DF inicia o programa de racionamento do abastecimento de água, que será realizado em sistema de rodízio e afetará cerca de 1,8 milhão de habitantes. Sem prazo para terminar, o racionamento foi a alternativa encontrava pelo governo do DF para enfrentar a situação provocada pelos baixos níveis da Barragem do Descoberto, responsável por abastecer cerca de 65% da população do Distrito Federal, cujo nível está abaixo de 20%.

SELFIE FATAL
A morte do artista plástico brasiliense Pierre de Freitas, na manhã desse domingo, ao tentar tirar uma selfie em um penhasco chama a atenção para os cuidados na hora de se autofotograr. O brasiliense tentou tirar uma fotografia na beira de um penhasco e a pedra em que se encontrava cedeu ele caiu de uma altura de cerca de 70 metros. Pierre estava acompanhado de uma turista canadense, em região que recebe poucos visitantes, numa trilha de difícil acesso.

NOME SUJO
Aos 72 anos, vivendo a maior crise de sua história, com a reputação destruída, considerada a empresa mais corrupta do mundo, segundo o jornal Folha de São Paulo, a Odebrecht planeja mudar de nome para tentar se reerguer. A empreiteira vem se envolvendo em sucessivos escândalos nas últimas décadas e, com a operação Lava Jato, seu império vem caindo como um castelo de cartas.

PRONATEC REPAGINADO
Considerado o “xodó” da ex-presidente Dilma, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi repaginado pelo governo de Michel Temer. Em dezembro passado, o presidente anunciou a liberação de R$ 850 milhões para realizar ações no Pronatec. A partir deste ano, o programa de cursos de educação profissional e tecnológica terá novos indicadores de monitoramento e avaliação. Além disso, o Ministério da Educação anunciou que vai dar prioridade à oferta de cursos técnicos que sejam realizados simultaneamente ao ensino médio regular para alunos de escolas públicas.

NOVO BOLSA FAMÍLIA
Principal plataforma eleitoral de Dilma e Lula, o Bolsa Família também passou por ajustes na gestão Temer. O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário realizou um pente-fino com base no cruzamento de dados do governo, levando ao cancelamento de contratos do programa onde havia suspeita de que a renda per capita fosse superior ao teto exigido para ingresso e permanência no Bolsa Família. Foram encontradas irregularidades em 1,1 milhão de benefícios.

REFORÇO SOCIAL
Ainda reforçando o pacote de benefícios sociais e tentando criar uma agenda positiva, neste ano, o governo federal vai implantar o Cartão Reforma, um programa que bancará até R$ 5 mil em materiais de construção para a reforma de moradias, que será subsidiada pelo Tesouro Nacional. O programa deverá beneficiar cerca de 100 mil famílias e vai ter um orçamento de R$ 500 milhões, de acordo com o governo.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>