TV vertical: será que essa moda pega?

0

Ver vídeos na vertical na internet não é realmente nenhuma novidade. Já adquirimos esse hábito com as redes sociais, especialmente o Instagram e o Snapchat, que se tornou notícia novamente após o lançamento dos filtros de criança. No entanto, a ideia de consumir conteúdo audiovisual na vertical pode soar um tanto quanto estranha quando o suporte passa a ser a televisão, afinal, filmes e séries costumam ser assistidos e filmados na horizontal.

Esse padrão, contudo, pode ser transformado em breve. A Samsung anunciou recentemente o lançamento da The Sero, uma televisão que tem como opção ser usada na vertical. O anúncio seguiu a apresentação de outros dois novos modelos de televisão da gigante sul-coreana, a The Serif e The Sure.

Mudança de Paradigmas

Essa é, sem sombra de dúvidas, uma mudança de paradigmas no que diz respeito ao consumo de conteúdo na TV. Relevante não só pela novidade em si, mas também pela maneira como isso pode impactar a produção de conteúdo audiovisual nos próximos anos. Os sites de serviço de streaming, por exemplo, tendem a se adaptar rapidamente às mudanças tecnológicas. Essa capacidade de adaptação é um dos motivos pelos quais os streamings se tornam cada vez mais populares, modificando a maneira como consumimos filmes e séries. Os esportes, inclusive, não são ignorados pelos sites de streaming e já englobam o catálogo de ofertas. A 1xBET no Brasil, por exemplo, é uma opção para quem, além de realizar apostas online, quer acompanhar partidas esportivas em tempo real na internet.

The Sero – Foto: Divulgação

De onde veio a ideia?

Não foi por acaso que citamos o Instagram e o Snapchat anteriormente. A inspiração para a TV vertical surge justamente das redes sociais. A ideia é que você consiga consumir todo o conteúdo de suas redes na própria televisão, uma vez que a experiência entre o celular e a TV será aproximada e melhorada, bastando parear um dispositivo móvel à The Sero por meio do NFC! Mas, um alerta: redes sociais são um instrumento maravilhoso de entretenimento, mas também é necessário saber quando você precisa dar um tempo, assim como o tempo assistindo a televisão deve ser moderado.

Público alvo

Se a inspiração para a The Sero é advinda das redes sociais, o público alvo do produto, naturalmente, surge a partir das redes. De acordo com a Samsung, a TV vertical se volta para os consumidores que cresceram na nova era virtual, ou seja, os millennials, a geração de pessoas nascidas após o início da década de 1980 e até o final da década de 1990. Espera-se, então, que esse grupo seja mais suscetível a aceitar a novidade uma vez que ela já lhe é familiar.

Além disso, o aparelho serve tanto para quem utiliza streaming, TV por assinatura ou utiliza funcionalidade de TVs smart, como transmissão de vídeos por intermédio do celular.

Características da The Sero

Com um televisor de modelo QLED de 43 polegadas, a The Sero virá equipada com sistema de áudio 4.1., alto-falantes com potência de 60 watts e um assistente de voz Bixby, permitindo que o usuário controle determinadas funções da TV por meio de comandos de voz. O aparelho também virá acompanhado de um controle remoto. Em seu comunicado, a Samsung não especificou a resolução desse modelo, mas a especulação é de que a TV deverá possuir resolução 4K.

Além disso, a The Sero poderá ser utilizada tanto na vertical quanto na horizontal. A ideia é que o usuário altere a posição do seu televisor de acordo com o conteúdo que ele consumir. A posição vertical, conforme mencionado anteriormente, está voltada para a utilização de redes sociais, exibição de imagens, vídeos e músicas – além de possibilitar que você acompanhe as notícias do Brasil e da sua região em um novo formato. A TV vertical começou a ser comercializada na Coreia do Sul no final de maio, custando 18,9 milhões de won, o equivalente a R$ 64,2 mil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.