Home / Eventos / Festival Mundial da Cachaça de Salinas destaca uso da bebida na alta gastronomia

Festival Mundial da Cachaça de Salinas destaca uso da bebida na alta gastronomia

Com objetivo de fomentar negócios e divulgar o Circuito Turístico da Cachaça, o 16º Festival Mundial da Cachaça acontece entre esta sexta-feira e domingo (14 a 16/7), na Passarela da Alegria, em Salinas, no Território Norte. O evento conta com apoio e participação do Governo Estadual, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene-MG).

Realizado todos os anos, desde 2002, pela Associação de Produtores Artesanais de Cachaça de Salinas (Apacs) e pela prefeitura local, o festival promove a valorização da cachaça mineira no âmbito da gestão de negócios e das dimensões turísticas do roteiro da cachaça.

Produtores, compradores e consumidores poderão acompanhar palestras que envolvem a cadeia produtiva da cachaça, roteiros turísticos e encontros de negócios, além das áreas de alimentação e degustação e shows com artistas conhecidos.

“É notória a qualidade das cachaças mineiras, seu modo de fazer, sua origem e o percentual de produção no estado. Hoje, além de ser uma bebida valorizada, a cachaça é usada de forma harmonizada por chefs em vários dos seus pratos”, enfatiza o secretário de Estado de Turismo, Ricardo Faria.

Essa característica é a novidade da edição 2017 do festival. Chefs renomados, Flávio Trombino, Guilherme Melo, Edson Puiati, Jaime Solares e Rodolfo Mayer irão elaborar pratos da alta gastronomia usando como ingrediente a bebida tipicamente mineira. O público poderá apreciar os sabores na praça de alimentação do evento.

A Setur-MG estará presente na abertura do festival, representada pelo secretário Ricardo Faria e pela coordenadora do Núcleo de Gastronomia, Nathália Farah.

“O evento permite ao Estado estreitar relações com a região produtora e mostrar a importância da Politica de Regionalização do Turismo, que se dá, na região, também pelo Circuito Turístico da Cachaça, recebendo visitantes de todo o Brasil e até mesmo do exterior para conhecer e degustar a bebida”, afirma Ricardo Faria, ressaltando a importância da atividade não só para a região.

Minas é o maior estado produtor de cachaça artesanal ou de alambique (Divulgação/Vale Verde)

Cachaça em números

Minas Gerais é hoje o maior estado produtor nacional de cachaça artesanal ou de alambique, que é a forma original de se produzir a bebida. Neste processo artesanal, 20% da bebida são perdidos para manter a qualidade e o gosto.

De acordo com o Centro Brasileiro de Referência da Cachaça (CBRC), são produzidos cerca de 1,4  bilhão de litros por ano no Brasil, dos quais apenas 30% são cachaça de alambique.

Em balanço apresentado pelo Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Minas Gerais conta com 529 produtores e 1.020 marcas registradas. A cadeia produtiva da cachaça responde por 86 mil empregos no estado.

As exportações mineiras cresceram 11% em 2016, na comparação com 2015, passando de U$S 1,7 milhão (450 mil litros) para U$S 1,9 milhão (468 mil litros) neste período, ganhado mais espaço no mercado internacional.

Com a produção em torno de 5 milhões de litros/safra e, devido à qualidade de sua bebida, Salinas constituiu-se como principal referência na produção de cachaça artesanal do país, sendo rotulada como capital mundial da cachaça.

Circuito da Cachaça

Constituído inicialmente por cinco cidades mineiras – Fruta de Leite, Indaiabira, Rubelita, Salinas e Taiobeiras – o Circuito Turístico da Cachaça funciona ainda como uma ferramenta da regionalização das políticas públicas do turismo e para o desenvolvimento da região.

O objetivo do circuito é realizar ações para divulgar amplamente a cachaça mineira e, consequentemente, os municípios produtores, além de proporcionar uma demanda de exportação, ou seja, da venda da cachaça para mercados internacionais.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: Agência Minas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>