Preso suspeito de atirar em jovens que defenderam morador de rua no Norte de Minas

0
Anglo Queimadas

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, na sexta-feira (2/10/2020), em Montalvânia, Norte do Estado, um homem, de 24 anos, suspeito de atirar contra um adolescente de 17 anos e no primo dele, de 19. A motivação dos disparos foi o fato de as vítimas defenderem um indivíduo em situação de rua que era maltratado pelo investigado. O mais jovem faleceu, e o outro encontra-se internado em estado grave.

Os fatos ocorreram na Praça Cristo Rei, no Centro do município, no último dia 27 de setembro. A forma como o homem agiu com o morador de rua revoltou os jovens, que discutiram com o suspeito. Imediatamente, o investigado sacou uma arma e atirou na direção das vítimas. Um dos disparos atingiu o adolescente no peito, enquanto o primo dele foi ferido na barriga.

Após o crime, a Polícia Civil instaurou inquérito policial e adotou todas as medidas para esclarecimento do caso. O suspeito foi identificado e a PCMG representou à Justiça pela decretação da prisão preventiva dele. Ao prestar declarações na delegacia, o investigado apresentou uma versão diferente dos fatos, assumindo a autoria dos tiros.

De acordo com a delegada Nanci Lima, o trabalho ágil da Polícia Civil possibilitou uma resposta eficaz à população de Montalvânia, que ficou consternada com a violência do crime. “Agimos rápido e prendemos o suspeito. Com essa ação, a PCMG reafirma sua missão de investigar e levar aos rigores da lei aqueles que infringirem seu ordenamento”, diz.

O suspeito foi encaminhado ao sistema prisional e se encontra à disposição da Justiça.

Quer saber as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão? Siga-nos no Facebook @aconteceunovale, Twitter @noticiadosvales e Instagram @aconteceunovale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui