Colisão entre caminhonete e moto mata pai e filho em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha

0

A colisão traseira entre uma caminhonete e uma motocicleta matou pai e filho na noite desse domingo, 10 de julho, na altura do quilômetro 274 da BR-367, município de Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha. Um casal compareceu ao Quartel da Polícia Militar (PM) na cidade e relatou aos policiais que um veículo Ford Escort e um Chevrolet S10 realizam um pega na referida rodovia, em altíssima velocidade, e que em decorrência disso, a caminhonete colidiu contra a traseira da moto.

No local informado pelos denunciantes, os militares encontraram a S10, placa FJZ-6031, entre algumas árvores na margem direita da rodovia. O veículo Escort, placa OWV-4140, também estava na margem direita da pista de rolamento, no sentido Itinga/Araçuaí.

De acordo com a PM, a caminhonete parou a cerca de 200 metros do ponto de impacto com a motocicleta e que o veículo menor foi arrastado por cerca de oitenta metros. Os ocupantes da moto, Alisson de Oliveira Soares, de 30 anos, e seu pai, João Batista Soares, de 55 anos, foram arremessados a cerca de 25 e 35 metros, respectivamente, do ponto de colisão. Pai e filho não resistiram aos graves ferimentos e morreram no local.

Pai e filho morreram no local do acidente (Foto: Reprodução/WhatsApp)

O condutor do veículo S10, Moisés Nolasco Gonçalves, foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhado ao Hospital São Vicente de Paulo, onde permaneceu sob cuidados médicos. Conforme registro policial, o motorista declarou que não havia feito uso de bebidas alcoólicas e que não aguentaria realizar o teste de etilômetro. Ele também relatou aos militares que não se recordava de como ocorreu o acidente, mas que soube que em decorrência do mesmo, faleceram duas pessoas. Ainda de acordo com o relato de Moisés Nolasco, ele saiu de Itaobim com destino a Araçuaí junto com seu amigo Túlio Helder Coimbra Ramos Ribeiro, condutor do Escort, e que nunca fez e que não faziam nenhum pega.

A PM também registrou a versão do motorista Túlio Helder. Ele disse que seguiam de Itaobim para Araçuaí e que seu amigo Moisés saiu na frente. Conforme o relato, Tulio disse que em alguns pontos avistava a S10 e em outros não, que no local do acidente passou pela motocicleta no meio da pista e logo à frente avistou o veículo de Moisés. Ao ser convidado para fazer o teste de etilômetro, segundo a PM, Túlio Helder se recusou. De acordo com a PM, embora ele tenha alegado ter feito uso de bebida mais cedo, não apresentava sinais notórios de embriaguez.

Os militares lavraram um auto de infração pela recusa em fazer o teste do bafômetro e recolheram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do condutor Túlio. O Ford Escort foi liberado para um conhecido do motorista.

A Perícia Técnica da Polícia Civil compareceu ao local do acidente e após os trabalhos de praxe, os corpos de Alisson e João Batista foram removidos ao Instituto Médico Legal (IML) em Almenara. A motocicleta foi encaminhada para o pátio credenciado no município. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil em Araçuaí e o caso será investigado.

Fotos do acidente

Acidente aconteceu no km 274 da BR-367 (Foto: Thaise Fagundes/Reprodução WhatsApp)

Acidente aconteceu no km 274 da BR-367 (Foto: Thaise Fagundes/Reprodução WhatsApp)

Acidente aconteceu no km 274 da BR-367 (Foto: Thaise Fagundes/Reprodução WhatsApp)

Acidente aconteceu no km 274 da BR-367 (Foto: Thaise Fagundes/Reprodução WhatsApp)

Acidente aconteceu no km 274 da BR-367 (Foto: Thaise Fagundes/Reprodução WhatsApp)

Acidente aconteceu no km 274 da BR-367 (Foto: Daniel Gonçalves/WhatsApp)

Acidente aconteceu no km 274 da BR-367 (Foto: Daniel Gonçalves/WhatsApp)

Acidente aconteceu no km 274 da BR-367 (Foto: Daniel Gonçalves/WhatsApp)

Acidente aconteceu no km 274 da BR-367 (Foto: Daniel Gonçalves/WhatsApp)

Acidente aconteceu no km 274 da BR-367 (Foto: Daniel Gonçalves/WhatsApp)

Acidente aconteceu no km 274 da BR-367 (Foto: Daniel Gonçalves/WhatsApp)

Acidente aconteceu no km 274 da BR-367 (Foto: Daniel Gonçalves/WhatsApp)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.