Polícia encontra duas ossadas humana em Poté

1

Policiais Militares encontram nessa quarta-feira, 15 de junho, os corpos de dois homens que estavam desaparecidos desde abril, em Poté, na região do Vale do Mucuri. O principal suspeito de ter cometido o duplo assassinato é um homem identificado como José Renato.

Os corpos foram encontrados dentro de uma fossa no fundo do quintal da casa de uma das irmãs dele, no bairro Sofia Cólen. A PM solicitou ajuda da prefeitura local que disponibilizou uma retroescavadeira e dois trabalhadores braçais para a retirada dos corpos.

Segundo a PM, foram localizados dois crânios e parte das ossadas. A Perícia técnica da Polícia Civil de Teófilo Otoni foi acionada e constatou que um dos crânios apresentava perfuração provavelmente causada por projétil de arma de fogo, e o outro, esfacelamento provavelmente por pancada.

Os restos mortais foram encaminhados para o IML em Teófilo Otoni, com as peças de roupas que também foram retiradas do local. O Delegado de Poté, César Cândido, acompanhou os trabalhos.

A PM informou que não foi possível a identificação dos restos mortais, tendo em vista o estado de decomposição.

Segundo informações, os corpos podem ser de Guilhomar Rodrigues dos Santos e Rodrigo Cardoso de Oliveira, desaparecidos no dia 9 de abril, data em que a família de ambos teria tomado conhecimento que eles estariam mortos e enterrados dentro de uma fossa.

Na ocasião a Polícia Militar visitou várias casas, porém a população do bairro, não deu informações do local exato, com medo de possíveis represálias por parte do provável autor João Renato. “Somente após a prisão do referido as denúncias indicaram o local exato em que estavam os corpos”, esclareceu a PM.

O caso será investigado pela Polícia Civil para esclarecer motivação e autoria dos crimes. Há suspeitas de que mais pessoas participaram dos assassinatos.

Ossadas foram encontradas em cisterna (Foto: PMMG/Divulgação)

(Gazeta de Araçuaí)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.