Governo entrega 350 títulos de propriedades rurais para famílias do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas

1

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, retomou nesta sexta-feira (3/6) em Minas Novas, no Território Alto Jequitinhonha, as ações do Programa Estadual de Regularização Fundiária Rural, paralisado desde 2011. Em solenidade com a presença de mais de 300 agricultores e posseiros dos territórios de desenvolvimento do Norte, Mucuri e Alto Jequitinhonha, Pimentel entregou 350 títulos de propriedades rurais a famílias dos municípios de Minas Novas, Chapada do Norte, Turmalina, Frei Gaspar, Porteirinha e Serranópolis de Minas.

Com o documento, as 350 famílias beneficiadas passarão a ter o acesso a várias políticas públicas, como acesso a crédito, à assistência técnica e melhoria da produção e comercialização dos produtos.

O Programa de Regularização Fundiária Rural é desenvolvido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda) e o cadastramento é feito em parceria com a Emater-MG e uma força-tarefa integrada por prefeituras, câmaras municipais, Incra, cartórios e federações de quilombolas e de agricultores, entre outros.

Em seu discurso, Pimentel destacou a importância não só dessa ação como também da proximidade entre a administração estadual e a população. “Cada título é uma vida para as famílias. Vocês merecem o meu carinho, o meu apoio. Mas tem outra coisa além dos títulos: se a gente não vai onde o povo está, como é que poderíamos saber, por exemplo, da angústia de Chapada do Norte, da falta de água nesse município? É preciso vir e conversar com as pessoas”, afirmou.

Segundo diagnóstico do Governo de Minas Gerais, mais de 53 mil famílias tinham demandas de titulação de posse da terra, 16 mil processos estavam engavetados e 37 mil famílias já haviam sido cadastradas. Desde o ano passado, a Seda investiu cerca de R$ 5 milhões para recadastrar 5,1 mil famílias nos territórios do Norte, Mucuri, Baixo e Médio Jequitinhonha, Alto Jequitinhonha, Região Metropolitana de Belo Horizonte, Vale do Aço e Caparaó.

Na ocasião, o governador agradeceu o esforço do ex-secretário de Desenvolvimento Agrário Glênio Martins, que atualmente preside a Emater-MG, para realizar 19 audiências públicas e 20 mutirões para o recadastramento dos agricultores familiares. “Foi esse empenho, foi esse trabalho que nos ajudou a estar aqui hoje entregando esses títulos”, disse Pimentel.

O governador ressaltou ainda a instalação dos Fóruns Regionais de Governo e o esforço para melhorar a vida dos mineiros, apesar do déficit financeiro do Estado. “Nem sempre a gente consegue resolver tudo. Temos um déficit no orçamento grande mas, ao tomar conhecimento do problema, conversando com os prefeitos e a população, já se começa a desenhar a solução. Estamos governando Minas Gerais com muito trabalho e o resultado vai aparecendo”, resumiu.

Pimentel também criticou o valor de cerca de R$ 2 bilhões investido pela gestão anterior na construção da Cidade Administrativa. “Quando venho para o interior de Minas, vejo a falta que esses R$ 2 bilhões fazem. Se pudéssemos ter esse dinheiro de volta, aplicaríamos na saúde, segurança, educação. Não vamos repetir esse erro de investir tanto dinheiro sem ouvir o povo”, afirmou.

Durante o evento, Pimentel determinou que o secretário interino de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais, Gustavo Xavier Ferreira, sobrevoasse a região de Chapada do Norte para estudar soluções para a seca no município. Uma das principais demandas da população é a construção da barragem Santa Rita.

Entrega de títulos foi realizada em Minas Novas (Foto: Manoel Marques/Imprensa MG)

Beneficiados

Para a agricultora Carlinda Tomé dos Santos, de 64 anos, o título de sua propriedade rural, recebido nesta sexta-feira, vai servir para a subsistência de seus 12 filhos e mais quatro irmãos. “Agora sou a dona da terra em Frei Gaspar onde nasci, cresci e casei. Vou plantar milho, feijão, cana e café”, contou.

Já para o posseiro João Gualberto Pereira, de 43 anos, líder sindical em Chapada do Norte, receber o documento da posse é a realização do sonho dele e do pai, de 86 anos. “É maior alegria para o meu pai poder voltar a ter motivo para comemorar o aniversário dele, que ele tinha parado de celebrar esperando que esse dia chegasse. A gente apostou neste governo e de fato estamos vendo o resultado”.

Para o secretário de Desenvolvimento Agrário, Professor Neivaldo, a retomada do Programa de Regularização Fundiária Rural “reafirma o compromisso de democratizar o acesso à terra, principalmente nas regiões mais demandadas: Norte de Minas, Mucuri e Jequitinhonha”. O prefeito de Minas Novas, Gilberto Gomes, disse que a cidade está “honrada” em receber o mutirão para entrega de títulos de propriedades rurais que “atendem a uma parte das demandas de 50, 100 anos atrás do Vale da Esperança”.

Entrega de títulos foi realizada em Minas Novas (Foto: Manoel Marques/Imprensa MG)

(Agência Minas)

1 COMENTÁRIO

  1. AQUISIÇÃO

    AQUISIÇÃO é a ação de adquirir coisas adquirida, ou seja, os GOVERNOS se apossa dos seus bens, ou partes deles, na conversa ou por força de autoridade.
    JÁ imaginou na calada da noite a CÂMARA DOS DEPUTADOS APROVA REAJUSTES PARA PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA, EXECUTIVO, LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO, tudo isso porque o EXECUTIVO não quer ver crise nos três poderes, enquanto essa trágica sena de apadrinhagem, os tecnocratas assistem de camarote a sociedade que produz as riquezas desta NAÇÃO BRASIL, passarem fome e morrerem nas filas dos HOSPITAIS DESTE PAÍS, por falta de ideias urgentes urgentíssimas, que aplaque as necessidades da população sofredora.
    A SENSAÇÃO do momento em redes nacionais e estrangeiras, é do governo cassado do estado do amazonas com a nova lei estadual que ameaça milhares de espécies de viveres no rio amazonas e afluentes, querendo aparecer nos últimos momentos de vida política desastrosa e além do mais este governador já está com um projeto de transposição do rio amazonas para o nordeste, e todas essas ideias com impactos aprovados por universidades do estado do amazonas, esperamos que o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL julgue as ações deste ex governador improcedente. O ex governador deveria está cuidando da sujeira que circunda Manaus e seus canais e igarapés.
    PELO dia internacional do MEIO AMBIENTE: PORQUE TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO, TRANSPOSIÇÃO foi o melhor meio equidistante entre o meio ambiente que iria beneficiar os pobres aplacando a fome e a miséria no Nordeste, ou um meio mais próximo de enganar os nordestinos e proteger os seus cabos eleitorais e fazendeiros por água, EM DEVIOS DE GRANDES FORTUNAS?
    BELO MONTE impotente em produção energética, o maior destruidor de biomas por falta de impacto em vários setores, bem como a falta de proteínas nos rios lagos e igarapés, denunciado por pescadores e as tribos indígenas que não estão sendo ouvidas, e sim enganados por aqueles que deveria protege-los, os rios lagos e igarapés, é o supermercado dos povos indígenas e de todos os pobres deste País. A necessidade de revitalização é prioridade até por que fome produz doenças e desequilíbrio na economia.
    REVITALIZAÇÃO de rios e igarapés é a porta de entrada da economia verde que será um dos carros chefes dos desenvolvimentos deste PAÍS, economia verde vem no seu conceito ocupar os jovens e lhes dar o poder de consumir tudo aquilo que lhes é direito, evitando assim, danos a sociedade de modo geral.
    O governo usar 30% como quiser é um acinte a quem ganha suado e com dificuldade, esse é o retorno que a sociedade merece?
    O GOVERNO TEMER depois de descascar tantas cebolas podres para a sociedade que sempre fez seu dever, produzindo as riquezas desta Nação. GOSTARIAMOS que o PRESIDENTE TEMER descascasse uma única cebola com muito gás para que a sociedade chore de alegria obrigado.
    O PODEROSO DEUS DE ABRAÃO ISAC E JACÓ ESTÁ REUNINDO A SUA IGREJA E LÁ NÃO TEM SACOLINHA.
    JOÃO DE DEUS FERREIRA-O HOMEM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.