Homem é preso suspeito de invadir casas e estuprar duas mulheres em Capelinha

0

Na noite de sábado, 23 de abril, a Polícia Militar (PM) de Capelinha prendeu um homem de 38 anos. Ele é suspeito de estuprar duas mulheres, uma de 28 e outra de 59 anos, nos bairros Vista Alegre e Planalto. Os abusos teriam ocorrido entre as 22h e às 2h da manhã do mesmo dia da prisão.

O suspeito é conhecido por Adão Borracheiro e, segundo a PM, além de estuprar ele também roubava pertences da vítima. A equipe de militares formada pelos sargentos Charles e Augusto, e os soldados Caetano e Coelho, apreenderam também celulares e dinheiro que estavam de posse do suspeito.

Nos dois casos, as vítimas foram surpreendidas, enquanto dormiam, por um homem negro trajando blusa branca e calça jeans, que pulou o muro, invadiu o quarto e destrancou a porta da casa, usou de violência para dominar as vítimas e, após retirar-lhes toda a roupa, abusou sexualmente delas.

Suspeito, conhecido como Adão Borracheiro, negou o crime, mas a Polícia Militar encontrou o telefone celular de umas das vítimas em sua casa (Foto: Jornal Local)

No bairro Vista Alegre, ao invadir o quarto de uma mulher de 29 anos, o homem falou: “Quero transar com você”. A vítima começou a gritar por socorro, mas o homem deu-lhe um soco na cara e começou a enforcá-la, retirou toda a sua roupa e a empurrou contra a parede, iniciando o abuso sexual. Como a vítima gritava muito, ele pulou o muro e fugiu.

No bairro Planalto, segundo a ocorrência policial, a vítima é uma senhora de 59 anos, e, após o abuso, o homem exigiu dinheiro e começou a revirar a casa. Aproveitando-se de uma distração do agressor, a senhora correu até a casa da vizinha e pediu socorro. O homem então roubou o celular da vítima e fugiu.

De posse das informações, os policiais militares iniciaram as buscas e, na rua Juventino Vieira, no bairro Maria Lúcia, encontraram um homem com as mesmas características informadas pelas vítimas saindo de uma casa. Adão Borracheiro negou a autoria dos abusos, mas permitiu que a polícia entrasse na casa. Os militares encontraram no local o celular de uma das vítimas e R$ 185 em dinheiro. As duas mulheres reconheceram Adão como sendo o autor dos estupros, sendo que, segundo a ocorrência policial, uma das mulheres o reconheceu “com veemência”.

As vítimas e o suspeito foram encaminhados ao hospital de Capelinha, onde passaram por atendimento médico. Adão Borracheiro foi preso e está na cadeia de Capelinha à disposição da Justiça. Outras mulheres que tiverem sido abusadas devem procurar a PM ou ir direto à delegacia de polícia para relatar os fatos. O telefone da PM é o 190, e o da Civil é o 197.

Material apreendido na casa do suspeito (Foto: Jornal Local)

(Fonte: Jornal Local / Repórter: Rosa Santos)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.