Ex-presidente do Uruguai é agraciado na Medalha da Inconfidência

0

A solenidade de entrega da Medalha da Inconfidência, que acontece nesta quinta-feira (21/4), em Ouro Preto, vai agraciar o senador e ex-presidente do Uruguai, José Alberto Mujica Cordano, que também será o orador da solenidade.

A cerimônia está prevista para começar às 10h, com a chegada do governador Fernando Pimentel, que será recebido com honras militares. O evento vai premiar personalidades e entidades que contribuíram para o desenvolvimento de Minas Gerais, do Brasil e da humanidade.

Dentre os homenageados, 30 serão agraciados com a Grande Medalha, 54 com a Medalha de Honra e 63 com a Medalha da Inconfidência. Ao todo, 148 pessoas e entidades serão homenageadas. Veja a lista dos agraciados (Clique aqui).

Orador

José Alberto Mujica Cordano, mais conhecido como Pepe Mujica, nasceu em Montevidéu, Uruguai, em 20 de maio de 1935. Iniciou sua militância política no Partido Nacional, onde se tornou secretário-geral. Em 1967, se juntou ao Movimento de Libertação Nacional, um grupo de guerrilheiros Tupamaros. Venceu as eleições presidenciais e no dia 1º de março de 2010 foi empossado no Palácio da República do Uruguai.

Pepe Mujica rejeitou os benefícios da presidência e se recusou a viver no palácio. No seu governo a pobreza foi reduzida de 37% para 11%. No dia 1º de março de 2015, Mujica encerrou o mandato de cinco anos na presidência do Uruguai. O ex-presidente uruguaio que marcou história pela sua simplicidade, continua vivendo em uma casa de um quarto na fazenda de sua esposa. Doa mais de 90% de seu salário para a caridade.

Memória e Tradição

Cumprindo a tradição do dia 21 de abril, o governador assinará decreto de transferência simbólica da capital do Estado para Ouro Preto, que foi a capital de Minas Gerais entre 1823, quando o Estado ainda era uma província, até 1897.

Após a assinatura, será realizada homenagem a Tiradentes, com a colocação de uma coroa de flores junto ao monumento ao mártir da Inconfidência.

Em seguida, ocorre a chegada do Fogo Simbólico à Praça Tiradentes, conduzido por oficiais da Polícia Militar de Minas Gerais. Um representante da corporação acenderá a pira da liberdade, também em homenagem aos inconfidentes. Uma salva de 21 tiros encerrará o evento.

A Medalha da Inconfidência foi criada em 1952 e é a maior comenda concedida pelo Estado de Minas Gerais. Esta é a 65ª edição. A premiação é anual e possui quatro designações: Grande Colar, Grande Medalha, Medalha de Honra e Medalha da Inconfidência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.