17 de janeiro de 2018 - 19:55
Home / Vale do Mucuri / Associação de pessoas com deficiência em Nanuque terá quadra coberta

Associação de pessoas com deficiência em Nanuque terá quadra coberta

A unidade do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Teófilo Otoni destinou R$ 60 mil para a Anpode – Associação Nacional das Pessoas com Deficiência, da cidade de Nanuque, para auxiliar na construção de uma quadra coberta que vai atender, especialmente, pessoas com deficiência. O recurso será usado para a compra de materiais de construção.

“Quando concluído, o local também será aberto à população e beneficiará diretamente cerca de 3 mil cidadãos da cidade, que poderão realizar atividades de lazer, seminários e reuniões, usufruindo de um espaço amplo, coberto, adaptado e com salas multiusos”, informa o procurador do trabalho Adolfo Jacob, responsável pela destinação da verba.

Anpode terá quadra coberta (Foto: Divulgação / Ascom MPT)

A Anpode auxilia 867 pessoas com deficiências auditiva, física, visual, mental, mobilidade reduzida, além de 436 idosos. Com 600m², a quadra já era uma reivindicação antiga da sociedade e de membros da associação, que aspiravam por um local adequado, amplo e coberto para realizarem atividades de lazer. “Nanuque não possui um local adequado para as pessoas com deficiências e a ANPODE se destacará como um local acessível e multiuso”, afirma o presidente da instituição Givanildo Souza. Animados com o novo espaço, de acordo com o presidente, já surgiu a ideia de criar o campeonato “futebol e o basquete em cadeiras de rodas” para os associados.

Com previsão de inauguração para o dia 1º de maio, o espaço conta com a quadra para realização de eventos da instituição e da comunidade, além de dois banheiros e cinco salas, que abrigarão um centro odontológico, equipamentos médicos e oficina para reformas de equipamentos ortopédicos. A construção ainda conta com garagem para acomodar os três veículos da instituição.

O valor destinado é resultado de um acordo assinado entre o MPT e a ANR Agropecuária Ltda, sob a mediação do procurador do Trabalho Adolfo Jacob. A empresa foi investigada por atrasar o pagamento dos funcionários, prorrogar a jornada além do permitido, manter empregados em trabalho durante feriados sem autorização, atrasar o pagamento do FGTS, entre outras irregularidades.

Anpode terá quadra coberta (Foto: Divulgação / Ascom MPT)

(Ascom MPT)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>