América de Teófilo Otoni troca técnico após perder segunda consecutiva no Módulo II

0

Após a derrota por 2 a 1 para o Nacional, na última segunda-feira, 29 de fevereiro, na cidade de Muriaé, Luís Antônio deixou o comando técnico do América Futebol Clube de Teófilo Otoni. O diretor de futebol, Leandro Lacerda, anunciou nesta terça-feira (01/03) a mudança no comando do time. Gilmar Estevam, um velho conhecido da torcida americana, assume a equipe.

Gilmar Estevam começou sua carreira em 2004 como auxiliar técnico do Democrata de Governador Valadares, onde foi vice-campeão da Taça Minas Gerais e campeão do Módulo II do campeonato Mineiro. Entre 2008 a 2013, foi treinador do América-TO, levando o time à semifinal do Módulo I do Mineiro em 2012, e consequentemente campeão do interior de Minas naquele ano. Sua última passagem como treinador foi em 2015, à frente do Democrata.

O novo técnico chega em um momento em que o Dragão ocupa a penúltima posição do grupo B do modulo II. Ele será oficialmente apresentado nesta quarta-feira (02/02), às 19 horas, na sede social do clube.

Gilmar Estevam volta a comandar o América (Foto: Reprodução / O Tempo)

Nacional 2 x1 América-TO

Nacional de Muriaé e América-TO pode ser resumido em um nome: Danilo. Foram do atacante os gols que garantiram a vitória por 2 a 1 do time de Muriaé pela quinta rodada do Módulo II do Campeonato Mineiro. Com um gol em cada tempo, Danilo garantiu os três pontos do NAC no Soares de Azevedo, em Muriaé, na noite desta segunda-feira. Luccas, de pênalti, descontou para os visitantes.

Com o resultado, o Nacional chegou a sete pontos e sobe para a terceira colocação na tabela. O time pode chegar a dez pontos, caso sejam confirmados os três pontos no jogo cancelado contra o Minas Boca. O América-TO continua em quinto, com quatro pontos. Na próxima rodada, a primeira do returno, as duas equipes voltam a se enfrentar, desta vez em Teófilo Otoni. A partida está marcada para as 10h de domingo.

O Nacional de Muriaé dominou o campo de ataque nos primeiros minutos do primeiro tempo, pressionou e, por pelo menos três vezes, chegou com perigo ao gol de Doni. A pressão deu resultado aos 16 minutos. Jogada ensaiada pela direita, bola cruzada na área e Danilo abriu o placar. Mesmo após o gol, o Nacional chegava com perigo, enquanto o América TO tentava aproveitar espaço pela esquerda, mas não conseguiu o empate e o primeiro tempo terminou com o Nacional à frente.

O América-TO voltou pressionando na segunda etapa. O Nacional teve uma boa chance no início, mas encontrava dificuldade, dava espaços, o América dominava as ações e passou a gostar do jogo. O torcedor até teve a sensação de alívio em cobrança de falta ensaiada. Após bola rolada, Danilo chutou forte, a bola desviou e Nacional de Muriaé ampliou. Logo em seguida, no entanto, Luccas bateu forte o pênalti e ampliou para o América-TO, mas o jogo terminou com vitória dos donos da casa.

(Globo Esporte)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.