DNIT garante substituição da ponte queimada por manifestantes na BR-367

0

O incêndio proposital de uma velha ponte de madeira, que liga os municípios de Jacinto e Almenara, no Vale do Jequitinhonha, na manhã desta terça-feira, pode acabar apressando o projeto de uma nova travessia no local.

Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), já havia sido detectada a situação precária da ponte, que passa sobre o córrego Rubim, na BR-367. Um projeto para a construção de uma ligação substituta já havia sido contratado, tendo em vista a inviabilidade da recuperação da estrutura. Intervenção que agora, de acordo com o próprio órgão, se torna mais urgente. O Dnit informou que vai contratar, nos próximos dias, uma empresa que realizará a obra em caráter emergencial.

Até a conclusão da nova ponte, o Dnit pretende usar travessias metálicas do Exército Brasileiro, que são de montagem rápida, próprias para emergências. O órgão lembra que uma dessas pontes foi usada há alguns anos, quando a travessia sobre o Rio das Velhas, na BR-381, em Santa Luzia, foi inutilizada. Ainda de acordo com o Dnit, o Exército já foi acionado e a estrutura será implantada em um trecho ao lado da que foi destruída (local onde existia a diretriz original da rodovia) ou nos próprios encabeçamentos da antiga ponte de madeira.

O incêndio foi resultado de fúria de usuários, que atearam fogo à estrutura de madeira logo depois de a ponte ter sido interditada pelo Dnit, devido ao rompimento de uma longarina, que comprometeu a travessia de veículos.

De imediato, a solução para quem viaja entre os dois municípios é usar rotas alternativas:

– Opção de tráfego 1: Rodovia LMG 634 – Almenara a Avaí do Jacinto, com 37 quilômetros; e, em seguida, rodovia municipal que liga Avaí do Jacinto a Jacinto, com 24 quilômetros (travessia de balsa); prosseguimento pela BR-367. Total de 61 quilômetros.

– Opção de tráfego 2: Rodovia MG 406 – Almenara a Rubim, com 37 quilômetros; em seguida, rodovia municipal, que liga Rubim a Conceição, com 41 quilômetros; prosseguimento pela BR-367. Total de 78 quilômetros.

Populares colocaram fogo em estrutura de madeira – Foto: Reprodução / Redes Sociais

Populares colocaram fogo em estrutura de madeira – Foto: Reprodução / Redes Sociais

Populares colocaram fogo em estrutura de madeira – Foto: Lina Otoni / Facebook

Populares colocaram fogo em estrutura de madeira – Foto: Lina Otoni / Facebook

Populares colocaram fogo em estrutura de madeira – Foto: Lina Otoni / Facebook

Populares colocaram fogo em estrutura de madeira – Foto: Reprodução / Redes Sociais

Populares colocaram fogo em estrutura de madeira – Foto: Reprodução / Redes Sociais

Populares colocaram fogo em estrutura de madeira – Foto: Reprodução / Redes Sociais

Populares colocaram fogo em estrutura de madeira – Foto: Reprodução / Redes Sociais

Populares colocaram fogo em estrutura de madeira – Foto: Reprodução / Redes Sociais

(Fonte: Jornal Estado de Minas)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.