Superlua coincidirá com eclipse lunar total na noite deste domingo

0

Na noite deste domingo, 27 de setembro, um eclipse total da Lua coincidirá com o fenômeno denominado superlua – quando a máxima aproximação do satélite com a Terra ocorre durante a Lua cheia, fazendo com que ela pareça 14% maior e 30% mais brilhante que o normal.

Embora os dois fenômenos sejam relativamente comuns, a combinação de uma superlua e um eclipse total da Lua ocorreu pela última vez em 1982 e só se repetirá novamente em 2033. O efeito promete ser impressionante.

O eclipse poderá ser observado a partir das 22h. Cerca de uma hora depois, a superlua ficará inteiramente encoberta pela sombra da Terra, ganhando uma cor avermelhada, durante uma hora e 12 minutos. O fenômeno será visível nas Américas, na Europa, na África, no leste do Oceano Pacífico e no Oeste da Ásia.

O professor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e coordenador da Comissão de Ensino e Divulgação da Sociedade Astronômica Brasileira, Paulo Bretones, informa que os eclipses lunares ocorrem quando a Lua penetra na sombra projetada pela Terra ao receber a luz solar.

O plano da órbita da Lua fica inclinado um pouco mais de 5 graus em relação ao plano em que a Terra gira ao redor do Sol, segundo ele, o que gera um movimento complexo.

“A Terra sempre está projetando sua sombra no céu, mas não a percebemos porque a Lua passa acima ou abaixo dessa sombra. Mas, quando a Lua cruza o plano da órbita da Terra durante um alinhamento dos três astros, ocorre um eclipse lunar”, explicou Bretones.

Paulo Bretones informa que, no domingo, a Lua cheia nascerá às 17h45 em São Paulo e começará a “mergulhar” na sombra da Terra às 22h07.

“Uma linha divisória surgirá como um entalhe no bordo lunar, penetrando cada vez mais, até que às 23h11 a Lua estará toda coberta pela sombra do nosso planeta. Às 00h23, ela começará a sair da sombra até reaparecer totalmente iluminada às 1h27 de segunda-feira”, disse.

Superlua coincidirá com eclipse lunar total – Foto: Reprodução

E tem mais, no céu de domingo

Além desses fenômenos, outras duas ocorrências conhecidas como Lua de Sangue e tétrade lunar são previstos para o dia 27 de setembro.

A Tétrade de Eclipses Lunares é uma série de quatro Elipses Lunares Totais que ocorrem em uma determinada época. A última Tétrade foi em 2003 e 2004, e só ocorrerá mais sete tétrades como essa no século atual.

A NASA, explica que o eclipse de uma superlua é muito raro e ocorreu apenas cinco vezes desde 1900, em 1910, 1928, 1946, 1964 e 1982. O próximo só vai ocorrer em 2033 – mais um motivo para não perder o espetáculo que promete fechar bem, o domingo. (Fonte: Agências)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.