Home / Leste de Minas / Imagens do Olho Vivo serão utilizadas para identificar dupla de estupradores em Valadares

Imagens do Olho Vivo serão utilizadas para identificar dupla de estupradores em Valadares


Imagens do Olho Vivo poderão ajudar a polícia a identificar os dois homens em um carro preto acusados de estuprar uma adolescente de 17 anos, em Governador Valadares, Leste do Estado, no domingo (26). Elas foram requisitadas pela titular da Delegacia Especializada de Atendimento às Mulheres, Adeliana Mariano, logo depois de ouvir também a adolescente de 16 anos que conseguiu escapar do abuso, na tarde desta terça-feira (28).

Segundo a delegada, as duas vítimas contaram que o homem que fez as abordagens aparenta ter 30 anos e é alto, magro, negro e usava camisa de malha branca. O que conduzia aparenta ter 50 anos, é baixo, grisalho e usava uma camisa social. “Em nenhum momento afirmaram tratar-se de um Celta. Apenas que o carro é preto e possui calha de chuva”, explica a delegada, desmentindo os boatos e fotos de um Celta que circulam pelas redes sociais.

Segundo a delegada, o pânico que se instalou na cidade e os compartilhamentos pelas redes sociais dos supostos estupradores, vítimas e veículo têm trazido transtornos e atrasos para as investigações. “Quando jogam nas redes a tendência é os dados começarem a se perder”, avisa. Na Delegacia Especializada de Valadares tramitam 200 inquéritos de estupro, entre eles estão estupros de vulneráveis – vítimas com menos de 14 anos.

Transtornos

No final da manhã desta segunda-feira (27), o supervisor técnico Kleidson dos Santos Amaral, de 29 anos, que é proprietário de um Celta preto, foi abordado pela PM na Avenida Brasil para verificação. Em poucos minutos várias fotos dele caíram nas redes sociais como sendo a de um dos supostos estupradores. O suposto envolvimento foi descartado ainda no local, mas não demorou para que ele recebesse ameaças.

Assustado o supervisor procurou a Polícia Civil na tarde desta terça-feira (28), acompanhado pelo advogado Pedro Liberato. “O carro dele é apenas similar e ao contrário do noticiado, tem quatro portas e roda de liga leve, é novo. A vida do Kleidson corre risco, a sua família está amedrontada e o seu patrimônio ameaçado”, diz o advogado contando que deboches, xingamentos e ameaças chegam de vários lugares pelas redes sociais.

“Espero que as mesmas pessoas que fizeram os compartilhamentos e divulgaram a imagem dele tenham dignidade e o mesmo empenho para desfazer a bobagem que fizeram”, disse o advogado que prometeu processar todos os envolvidos no escândalo. Kleidson preferiu não falar com a imprensa.

Estupros

A adolescente de 16 anos foi abordada por volta das 10 horas do último domingo (26) quando passava próximo a uma passarela que liga o bairro Carapina à Rua Sete de Setembro, no Centro. Como reagiu e gritou muito, os dois estupradores desistiram dela e fugiram. Menos de uma hora depois a PM recebeu novo chamado, desta vez da adolescente de 17 anos que havia sido estuprada.

A jovem contou à PM que seguia a pé para a casa do namorado no bairro São Tarcísio quando foi abordada, dominada e jogada dentro do carro. O estupro teria sido praticado pelos dois homens e ocorrido dentro do carro numa região de chácaras no bairro Capim. Ela foi abandonada na Rua Moacir Paleta, no retorno para o Centro. A adolescente foi levada ao Hospital Municipal onde recebeu atendimento médico.

Desde domingo a PM e a Polícia Civil trabalham para identificar e prender os estupradores. Sobre o carro, supostamente um Celta preto – as imagens foram captadas por internautas e distribuídas nas redes sociais. As informações são do Portal Hoje em Dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>