Home / Norte de Minas / Programa Cultivar, Nutrir e Educar vai beneficiar 79 cidades do Norte de Minas

Programa Cultivar, Nutrir e Educar vai beneficiar 79 cidades do Norte de Minas

O programa Cultivar, Nutrir e Educar, do Governo de Minas, chega, este ano, a mais 47 municípios no Norte de Minas, totalizando 79 cidades beneficiadas na região. A iniciativa, criada em 2012, incentiva que as escolas estaduais adquiram diretamente de pequenos agricultores os produtos da alimentação escolar. Como resultados, uma dieta mais saudável para os alunos e o fortalecimento da agricultura familiar.

Em Rubelita, a melhoria no cardápio escolar já é uma realidade. De acordo com a diretora da Escola Estadual Leônidas Alves Ribeiro, Osvani Miranda, participar do Cultivar, Nutrir e Educar gerou um grande avanço para a saúde dos estudantes. “Antes do programa nossos alunos não se alimentavam de forma adequada por falta de instrução. Com o novo cardápio a alimentação passou a ser mais saudável. Antes eles comiam frituras, refrigerantes, sucos artificiais, entre outras comidas industrializadas. A alimentação escolar agora é baseada em frutas, legumes e verduras. E o resultado é que 70% dos alunos que tinham problema de obesidade emagreceram”, revela.

Uma avaliação para saber o perfil e as necessidades nutricionais de cada aluno é realizada uma vez ao ano pelas equipes de saúde do programa e das escolas estaduais. O diagnóstico aponta se os alunos estão ou não com o peso adequado para idade e norteia a aplicação das políticas de saúde e segurança alimentar.

Agricultura familiar mais forte

Como os produtos são fornecidos por agricultores familiares, a iniciativa do Estado também promove e fortalece a produção e economia local. O agricultor José Ismael Pereira participa do Cultivar, Nutrir e Educar desde fevereiro de 2013. Ele fornece frutas e legumes para duas escolas de Rubelita e comemora os resultados. “Eu entregava somente no mercado da cidade, e não era sempre que conseguia vender tudo. Depois do programa, a venda é total”, diz.

O programa é executado pelas secretarias de Estado de Saúde, de Educação e de Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A gerente do Cultivar, Nutrir e Educar, Jacqueline Junqueira, conta que o Cultivar, Nutrir e Educar foi criado a partir da demanda popular. “O Consea (Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Minas Gerais) identificou essa demanda e o Estado, sensível a essa necessidade, acatou. Assim foi criado o Cultivar, Nutrir e Educar”.

Ela aponta entre as contribuições do programa, a implementação do Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável junto aos municípios. “Nas cidades hoje contempladas pelo Cultivar, Nutrir e Educar, os Comitês Gestores Locais demonstram ser um espaço de fomento e debate sobre a política estadual e nacional de segurança alimentar”, conclui.

Ampliação

Com a ampliação do programa, estudantes de 613 escolas públicas estaduais de 90 municípios de várias regiões terão a oportunidade de desfrutarem de cardápios mais saudáveis. Em todo o Estado, o Cultivar, Nutrir e Educar passa a beneficiar 220 cidades e 1.452 instituições. Todos os agricultores dos municípios contemplados podem participar do programa e, uma vez cumpridas as exigências, podem obter a habilitação sanitária do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). A Emater-MG também atua junto aos agricultores, oferecendo capacitação. O investimento previsto para aquisição dos alimentos da agricultura familiar em 2014 é da ordem de R$ 15 milhões.

Municípios beneficiados no Norte de Minas

Berizal, Brasilândia de Minas, Catuti, Curral de Dentro, Espinosa, Fruta de Leite, Gameleiras, Indaiabira, Jaíba, Janaúba, Mamonas, Manga, Matias Cardoso, Mato Verde, Monte Azul, Montezuma, Ninheira, Nova Porteirinha, Novorizonte, Pai Pedro, Porteirinha, Riachinho, Riacho dos Machados, Rio Pardo de Minas, Rubelita, Salinas, Santo Antônio do Retiro, São João do Paraíso, Serranópolis de Minas, Taiobeiras, Vargem Grande do Rio Pardo e Verdelândia.

A partir de 2014: Bocaiúva, Bonito de Minas, Botumirim, Brasília de Minas, Buritizeiro, Campo Azul, Capitão Enéas, Chapada Gaúcha, Cônego Marinho, Coração de Jesus, Cristália, Engenheiro Navarro, Francisco Dumont, Francisco Sá, Glaucilândia, Grão Mogol, Guaraciama, Ibiracatu, Icaraí de Minas, Itacambira, Itacarambi, Januária, Japonvar, Jequitaí, Juramento, Juvenília, Lagoa dos Patos, Lontra, Mirabela, Miravânia, Montalvânia, Montes Claros, Olhos D’Água, Patis, Pedras de Maria da Cruz, Pintópolis, Pirapora, Santa Fé de Minas, São Francisco, São João da Lagoa, São João da Ponte, São João das Missões, São João do Pacuí, São Romão, Ubaí, Urucuia e Varzelândia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>