Você está aqui:Home » Jequitinhonha » PEDRA AZUL: Mulher mente que foi estuprada para marido não descobrir traição

PEDRA AZUL: Mulher mente que foi estuprada para marido não descobrir traição

PUBLICIDADE:


Uma mulher de 41 anos pode responder por comunicação falsa de crime após registrar um boletim de ocorrência denunciando um suposto estupro, nessa terça-feira (28/01), em Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha. Na verdade a dona de casa tentava esconder uma traição do marido.

De acordo com a Polícia Militar, J.J.B procurou uma companhia da corporação e disse que, durante uma caminhada, foi abordada por uma homem na avenida Inhaúmas. O “estuprador”, que estava em uma caminhonete, teria obrigado a mulher a entrar em seu veículo, sob ameaça de morte.

Após a queixa, militares fizeram rastreamento na região e conseguiram localizar R.P.S, de 42 anos. O homem confirmou aos policiais que transou com J.J.B. No entanto, o suspeito contou outra versão. A suposta vítima não teria sido forçada.

O casal se conheceu há 20 anos e, há alguns meses, se reencontraram e resolveram retomar o namoro. Eles já trocavam várias mensagens pelo celular e pelo Facebook. Nessa terça, os amantes resolveram passar um dia juntos. A história foi confirmada pela dona de casa.

Depois que foi deixada em casa, para que o marido não desconfiasse, a mulher resolveu registrar a queixa. J.J.B alegou que estava com medo que a traição viesse à tona. A ocorrência foi encerrada na delegacia da cidade e caberá ao delegada decidir se ela será indiciada.

email


PUBLICIDADE:


Deixe um comentário

© 2013 - Todos os direitos reservados. ACONTECEU NO VALE

Voltar para o topo