SARDOÁ: Após uma semana de buscas, bombeiros encontram o corpo do garoto vítima do deslizamento no córrego Malacacheta

0

Bombeiros encontraram na tarde desta terça-feira (24/12) o corpo do garoto Leandro de Souza Batista, de 7 anos, que estava desaparecido há sete dias quando um deslizamento de terra caiu sobre uma casa em Sardoá, no Vale do Rio Doce. No acidente, ocorrido no último dia 17, cinco pessoas da mesma família também morreram, entre eles outra criança, uma mulher e dois homens, que foram retirados dos escombros no mesmo dia.


Prefeitura já decretou estado de calamidade pública no município

De acordo com o prefeito de Sardoá, Cléber Pereira das Silva (PP), o corpo de Leandro foi localizado por volta das 17h sob os escombros da residência que ficava no distrito de Córrego Malacacheta. Ainda segundo ele, os Bombeiros de Governador Valadares, que trabalharam nas buscas, usaram máquinas para retirada da terra.

O prefeito explica que o resgate foi demorado por causa da chuva que caiu na cidade até essa segunda-feira, causando risco de novos deslizamentos e perigo para os bombeiros envolvidos no trabalho. Já nesta terça-feira, uma estiagem contribuiu para a localização do corpo de Leandro.

O corpo do garoto foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Governador Valadares. O prefeito acredita que a liberação deverá acontecer nesta quarta-feira. Se a previsão se confirmar, o sepultamento da criança será realizado no mesmo dia.

A chuva castiga o município de Sardoá desde o dia 14 de dezembro, que teve estado de calamidade pública decretado. Para evitar novas tragédias, o prefeito informou que Coordenadoria da Defesa Civil está em alerta e faz vigilância nas áreas de risco do município.

O acidente

O barranco sobre a casa da família de Leandro deslizou após três dias seguidos de chuva em Sardoá. Dentro do imóvel estavam Maria da Conceição Souza, 50 anos, Vladimir de Souza, 24, Walace Catarino Costa Souza, 9, Wenderson Souza Batista, 10, e Gabriela Souza Batista, 6, que morreram na hora. Todos foram enterrados no último dia 19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.