Polícia Militar encontra plantação de maconha no Norte de Minas

0

A Polícia Militar encontrou uma plantação com mais de 500 pés de maconha na divisa entre os municípios de Lassance e Várzea da Palma, Norte de Minas Gerais. Uma mulher e o cunhado dela foram presos. A ocorrência foi divulgada na quinta-feira (20/02/2020).

A plantação foi encontrada logo após um tiroteio na região, durante a Operação Zumbi dos Palmares. A ação tinha como objetivo localizar um foragido e um homem investigado por envolvimento em vários crimes na região.

Policiais fizeram buscas, mas não os encontraram. Em seguida, a dupla foi vista fugindo a pé em uma estrada. A PM informou que eles atiraram ao notar a aproximação das viaturas e as equipes revidaram. O foragido foi atingido, socorrido e morreu no hospital.

“Nós fazíamos buscas na região logo após o tiroteio e recebemos informações sobre uma fazenda, que poderia estar sendo usada como esconderijo. Quando chegamos no local, um indivíduo fugiu correndo em direção a um matagal. Fomos atrás dele e encontramos os pés de maconha”, explica o tenente Daniel Carvalho Miranda, que é do Tático Móvel da PM de Pirapora.

O homem que fugiu quando os policiais chegaram na fazenda não foi localizado. O irmão dele estava escondido no banheiro de uma casa na fazenda. Nenhum dos dois teve participação no tiroteio. A namorada do fugitivo também foi encontrada dentro da residência. Ela está grávida de dois meses. O casal era responsável por tomar conta da propriedade rural.

“A plantação foi encontrada em um local de difícil acesso, no meio de uma mata densa. Ficamos surpresos com a estrutura montada por eles”, completa o tenente Daniel Carvalho Miranda. Os policiais apreenderam algumas mudas e destruíram o restante da plantação. Eles encontraram ainda mais de mil sementes de maconha e adubo.

“Foi feita ainda apreensão de duas polveiras. O envolvido que estava no banheiro contou que eles haviam enterrado duas armas no quintal da casa do pai, que fica ao lado da fazenda”, diz o tenente.

A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil.

Quer saber as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão? Siga-nos no Facebook @aconteceunovale, Twitter @noticiadosvales e Instagram @aconteceunovale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.