Trinta e seis pessoas da região de Guanhães são condenadas na Operação Taxímetro

0

Trinta e seis pessoas foram condenadas recentemente a penas que variam de dois a 31 anos de reclusão por crimes como associação para o tráfico, lavagem de dinheiro e tráfico ilícito de entorpecentes. As condenações são resultado da Operação Taxímetro. O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), a Polícia Militar de Minas Gerais e a Polícia Civil deflagraram na manhã de 25 de setembro de 2018 a Operação Taxímetro. Nela foram cumpridos 35 mandados de prisão preventiva e 48 mandados de busca e apreensão, além do bloqueio de bens,  valores e suspensão de uma licença de táxi. Os alvos da operação foram pessoas envolvidas numa organização criminosa que se associaram para a prática do tráfico ilícito de drogas na cidade de Guanhães e com ramificações na região.

A operação recebeu esse nome, tendo em vista que o chefe da organização criminosa lavava os capitais provenientes de suas empreitadas criminosas utilizando-se de um táxi. De acordo com as investigações, que foram iniciadas em  2017 pelo Ministério Público, a organização criminosa era dividida em grupos, inclusive com a participação de pessoas da mesma família. O arranjo criminoso abrangia, além de Guanhães, cidades como São João Evangelista, São Pedro do Suaçuí, Serro. Ademais, mantinham contatos criminosos até mesmo em cidades mais distantes, como   Montes Claros e Belo Horizonte, para juntos se dedicarem às atividades ilícitas relacionadas ao tráfico de drogas.

Os crimes apurados foram de tráfico ilícito de drogas, associação para o tráfico, lavagem de dinheiro, corrupção de menores e organização criminosa.

Pela complexidade das investigações realizadas, a operação foi a maior já realizada naquela comarca, inclusive contando com audiências durante uma semana em que foi necessária a designação apenas dessa no período, não ocorrendo audiência de qualquer outro processo nos mesmos dias na comarca de Guanhães.

Quer saber as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão? Siga-nos no Facebook @aconteceunovale, Twitter @noticiadosvales e Instagram @aconteceunovale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.