Polícia Civil prende suspeito de assassinar padrasto em Conselheiro Pena

0

Na última sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020, a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu em flagrante um jovem, de 25 anos, suspeito de assassinar e ocultar o corpo do padrasto. O crime aconteceu no dia 4 de novembro do ano passado, em Conselheiro Pena, no Vale do Rio Doce. As investigações tiveram início no dia 4 de fevereiro, quando a PCMG recebeu a notícia do desaparecimento da vítima.

O caso foi tratado, a princípio, como desaparecimento porque a mãe do suspeito, uma mulher de 46 anos, dizia a todos que a vítima a havia deixado e tomado rumo incerto. Assim, o registro não foi realizado pela família. Contudo, no decorrer das apurações, ficou evidenciado que o enteado o teria assassinado com golpes de machado.

No distrito de Bueno, onde a vítima vivia, a PCMG colheu depoimentos de testemunhas que disseram que ela havia sumido sem ter recebido o mês de trabalho na lavoura, além de não ter pagado aluguel. Na ocasião, as testemunhas afirmaram, ainda, que a mãe do suspeito, com raiva por causa desses fatos, havia queimado cama e colchão onde eles dormiam.

Assim, a equipe policial compareceu à residência e constatou sinais de violência num cômodo da casa. No quarto, havia manchas de substância semelhante a sangue e, ao fundo do quintal, restos da cama queimados.

Por fim, mãe e filho foram localizados e confessaram à PCMG o crime. O suspeito confirmou ter assassinado a vítima a machadadas e, para ocultar o cadáver, percorreu quase oito quilômetros da casa para enterrá-lo às margens de um rio.

Com auxílio do Corpo de Bombeiros, policiais civis chegaram ao local de desova e conseguiram localizar o corpo da vítima. Imediatamente, foi dada voz de prisão em flagrante ao suspeito, que responderá pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.

Quer saber as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão? Siga-nos no Facebook @aconteceunovale, Twitter @noticiadosvales e Instagram @aconteceunovale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.