Famílias ribeirinhas são levadas para abrigo em Coronel Fabriciano

0

O prefeito de Coronel Fabriciano instaurou neste sábado, dia 25 de janeiro de 2020, um comitê de crise para ampliar as ações em andamento e garantir assistência integral da população, sobretudo, das famílias que moram em áreas mais afetadas pelas enchentes. O plano de contingência também já foi acionado na cidade. Em 48 horas, choveu mais de 100 mm, segundo dados dos institutos de meteorologia. A previsão para domingo (26) é de precipitação pluviométrica de mais 60 mm.

Cerca de 30 famílias tiveram de deixar suas casas por orientação da Defesa Civil e estão abrigadas na Escola Municipal Boa Vista, no bairro Santa Helena. Outras famílias foram encaminhadas para casa de familiares. A Prefeitura está garantindo assistência integral incluindo alimentação e transporte.

Desde a madrugada deste sábado, as equipes da Defesa Civil, secretarias municipais e órgãos de proteção como Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, estão nas ruas para garantir a segurança da população. Máquinas também foram disponibilizadas e trabalham na desobstrução de vias.

Os pontos de alagamento são os bairros: JK, Surinã, Santo Antônio, Manoel Maia, Floresta, Frederico Ozanan, Judith Bhering, Manoel Domingos (Prainha) e Santa Terezinha. Os moradores do Mangueiras e Amaro Lanari também estão sob alerta para o risco de inundação. Já as ocorrências de deslizamentos foram registradas no Santo Antônio, Manoel Maia, Manoel Domingos, São Cristóvão, Judith Bhering, Santa Cruz, Caladinho de Cima e Morada do Vale.

Não há registro de vítimas até o momento.

Hospital Dr. José Maria Morais

O Hospital Dr. José Maria Morais também está em alerta e pronto para entrar em ação caso necessário. Foi montado um plano de ação que prevê o socorro imediato a vítimas de catástrofes, mesmo não sendo este o perfil da unidade. Uma equipe de médicos, enfermeiros e técnicos está de plantão. Um quarto foi reservado, assim como um leito de UTI. Funcionários que se disponibilizaram, integram uma lista para convocação imediata. Foram separados materiais e equipamentos.

Inundação e abastecimento de água

A Usina de Sá Carvalho emitiu um alerta na tarde de sábado sobre a abertura das comportas devido ao grande volume de água em decorrência das fortes chuvas. A tendência é que eleva ainda mais o nível do Rio Piracicaba nas próximas horas, com risco de inundação, podendo afetar os córregos afluentes. Já a Copasa informou que houve paralisação no sistema de captação de água no bairro Amaro Lanari (Coronel Fabriciano) e outras cidades do Vale do Aço, comprometendo o abastecimento de água. Técnicos da companhia trabalham para regularizar a situação e normalizar o fornecimento.

Emergência

  • Defesa Civil Municipal – 199 / (31) 3846-7702
  • Polícia Militar – 190
  • Corpo de Bombeiros – 193

Quer saber as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão? Siga-nos no Facebook @aconteceunovale, Twitter @noticiadosvales e Instagram @aconteceunovale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.