Criança morre após ser picada por escorpião em Naque, no Leste de Minas

0

Um menino de cinco anos morreu após ser picado por um escorpião em Naque, no Leste de Minas, na madrugada de sexta-feira (24/01/2020). O acidente com o animal peçonhento aconteceu enquanto Cauã Lucas de Morais dormia com a mãe.

A criança foi encaminhada ao Hospital Municipal de Ipatinga, mas não resistiu e veio a óbito por volta das 18h. A unidade de saúde confirmou que Cauã recebeu o soro antiescorpiônico e morreu após uma parada cardiorrespiratória.

O corpo de Cauã Lucas de Morais foi velado na casa da família, no Centro de Naque, e enterrado no cemitério local no fim da tarde deste sábado.

Escorpiões: prevenção e controle

Os escorpiões são animais peçonhentos que injetam veneno por um ferrão na ponta da cauda. O acidente com pessoas geralmente ocorre quando se encosta no animal, geralmente a mão ou o pé.

Podem ser encontrados em ambientes habitados pelo homem, principalmente nas cidades. Podem esconder-se próximos às residências, terrenos abandonados com entulhos, em materiais de construção, embaixo de pedras, matos, lixo, lenha, tijolos, telhas, etc.

Nas residências são comuns em saídas de esgoto, ralos e caixa de gordura. Procuram locais escuros e se alimentam principalmente de baratas. Por isso a importância de se combater o aparecimento desses insetos, que são atrativos dos escorpiões.

Evite acidentes

  • Verifique cuidadosamente calçados, roupas, toalhas e roupas de cama antes de usá-los;
  • Limpe periodicamente ralos de banheiro, cozinha e caixas de gordura;
  • Mantenha camas e berços afastados, no mínimo, 10 cm da parede;
  • Evite que lençóis toquem o chão;
  • Feche frestas nas paredes, móveis e rodapés para que não sirvam de esconderijo para os escorpiões;
  • Use telas nas aberturas dos ralos, pias e tanques.

Evite a presença dos escorpiões

  • Não deixe acumular lixo e entulho nos quintais, jardins, e terrenos baldios e ao redor das residências;
  • Evite a formação de ambientes favoráveis ao aparecimento dos escorpiões como restos de obras, materiais de construção e terraplanagem, que possam deixar acúmulo de entulho, superfícies sem revestimento, umidade etc;
  • Coloque o lixo em sacos plásticos fechados para evitar baratas e outros insetos;
  • Mude periodicamente de lugar materiais de construção que estejam armazenados e lembre-se de proteger as mãos com luvas grossas na realização desse trabalho;
  • Retire de paredes e muros plantas ornamentais densas, arbustos e trepadeiras;
  • Elimine fontes de alimento para os escorpiões (baratas, aranhas, grilos e outros pequenos animais invertebrados);
  • Limpe terrenos baldios situados a cerca de 2 metros (aceiro) das redondezas dos imóveis ocupados;
  • Evite a prática de queimadas em terrenos baldios, pois desalojam os escorpiões, entre outros animais;
  • Preserve os inimigos naturais dos escorpiões, especialmente aves de hábitos noturnos (corujas, joão-bobo etc), pequenos macacos, quati, lagartos, sapos, galinhas, gansos etc;
  • Evite folhagens de jardins junto às paredes externas de residências;
  • Mantenha jardins e gramados aparados e bem cuidados.

Atenção: Inseticidas e outros produtos não são eficazes contra escorpiões e podem gerar mais risco de acidente.

Quer saber as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão? Siga-nos no Facebook @aconteceunovale, Twitter @noticiadosvales e Instagram @aconteceunovale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.