Internet segura: o que você – pai ou mãe – pode fazer para manter o seu filho em segurança

0

É inegável o mundo de possibilidades que a Internet oferece, seja para assuntos acadêmicos, profissionais ou, ainda, simplesmente se você busca se entreter por alguns momentos. Bastam alguns cliques e, provavelmente, o que você estava precisando é encontrado.

Desse modo, dificilmente você encontrará alguém, nos dias de hoje, que não tenha acesso a ela, seja a partir de um computador, celular, ou qualquer outro dispositivo capaz de realizar uma conexão WI-FI ou similar.

Isso é especialmente verdade quando falamos de crianças e jovens, a cada dia mais conectados e passando mais e mais horas em frente às telas, navegando em todas essas possibilidades.

Mas, quando falamos em um mundo de ofertas, que é a Internet, é vital nos atentarmos também para a crescente onda de perigos que ela traz. Mais uma vez, especialmente, para crianças e adolescentes, frequentemente incapazes de tomar decisões mais bem embasadas e antever riscos.

E, infelizmente, muitos criminosos estão apostando nisso. Há, gradativamente, mais e mais casos registrados de uma infinidade de delitos e crimes online, que vão de um simples roubo de uma senha de e-mail a dados bancários, sequestros e, inclusive, pedofilia.

Mas, o que muita gente ainda não sabe, é que existem formas eficientes de manter a sua família segura contra essas pessoas e golpes. Se você está em busca de segurança, chegou ao lugar certo!

Hoje, vamos falar sobre:

  • OS PRINCIPAIS PERIGOS ONLINE;
  • CONSCIENTIZAÇÃO DOS FILHOS E MENORES;
  • ANTIVÍRUS E SIMILARES;
  • APLICATIVOS ESPIÕES

OS PRINCIPAIS PERIGOS

Provavelmente, não seja necessário explicá-los muito. Atualmente, é bastante difícil navegarmos pelos principais portais de notícias online e não nos depararmos com alguma manchete chamando atenção para crimes cometidos a partir da internet.

O mesmo acontece se você assiste a jornais televisivos ou mesmo se prefere ler os diários de papel. A Internet se tornou um dos maiores meios de comunicação do mundo, com diversas possibilidades, ampliadas por redes sociais e outros mecanismos de interação.

Assim, criminoso se tornam cada vez mais criativos e especializados em lançarem produtos, sites, criarem perfis falsos, com fotos, descrição e idades enganosas, com o intuito de se aproximarem de pessoas desprevenidas e causar-lhes mal, de várias maneiras.

Entre os crimes mais comuns originados pela Internet, podemos citar roubo de dados bancários, uso de cartões de créditos sem autorização, sequestros e pedofilia. Essa é a assustadora realidade que engrossa diariamente as estatísticas policiais no mundo todo.

Mas, a partir desse momento, você saberá, exatamente, as maneiras mais simples e efetivas de ter paz, com a certeza de que você e a sua família estão longe de serem alvos dessas pessoas.

CONSCIENTIZAÇÃO DE FILHOS E MENORES

Como dito, crianças e adolescentes são especialmente vulneráveis aos crimes online, dada a natural facilidade de convencê-los e enganá-los. Se nós sabemos disso, você pode imaginar que as pessoas mal intencionadas também o sabem.

O primeiro passo é sempre a conscientização dos perigos da Internet com os menores de idade.

Ter um diálogo aberto e uma relação próxima pode fazer com que uma criança ou adolescente compartilhe alguma situação incomum com os pais ou responsáveis, de forma a permitir a intervenção desse adulto antes que o pior ocorra.

Entretanto, sabemos que nem sempre as coisas são tão fáceis assim. Em especial com adolescentes, é normal que pais tenham dificuldades em conquistar um nível de intimidade e de acesso ao que o jovem faz na Internet sem uma verdadeira guerra em casa.

Mas, fique sossegado! Pensando nisso, trouxemos duas medidas complementares a primeira que vão proteger o seu filho, sem destruir o ambiente da sua família.

ANTIVÍRUS E SIMILARES

Muitas pessoas ignoram a segurança e a importância que esses softwares têm. No entanto, um bom programa de antivírus e antispyware pode prevenir acesso a sites maliciosos, barrar alguns downloads indesejados e impedir que um criminoso acesse facilmente o seu computador e os seus dados.

Manter o seu dispositivo eletrônico com acesso à Internet sempre protegido por um software de qualidade e atualizado pode poupar dinheiro, tempo, dores de cabeça e, mais importante, prevenir crimes contra a sua família.

Mas, infelizmente, esses programas não são capazes de, por exemplo, controlar o que seu filho compartilha ou recebe nas redes sociais, com quem ele conversa, ou mesmo por onde ele anda, quando sai com amigos e colegas de escola.

E, para isso, há uma resposta: os aplicativos espiões, do qual falamos a seguir.

APLICATIVOS ESPIÕES

Esse tipo de aplicativo é ainda bastante desconhecido por muita gente e outras têm uma visão distorcida do que eles são capazes, ou mesmo dos verdadeiros propósitos a que eles se destinam.

Esse tipo de programa, quando de uma empresa confiável e séria, visa dar aos pais a condição de acompanhar todo tipo de informação que se passa nos dispositivos de seus filhos, seja computador, tablet ou celular.

Com eles, torna-se impossível que um criminoso se aproxime da pessoa monitorada sem que você, instantaneamente, tome conhecimento do que se passa e tenha tempo suficiente para intervir e evitar que o pior aconteça.

Abaixo, elencamos algumas das principais características e funcionalidades que os melhores aplicativos espiões trazem para a sua proteção, bem como a da sua família:

  • Hackear messenger pelo celular e acesso a todas as conversas das redes sociais mais famosas, como Facebook, Instagram, WhatsApp, entre outras;
  • Acesso a todas as fotos, vídeos e arquivos compartilhados nessas redes, bem como a identidade de quem os enviou ou os recebeu;
  • Possibilidade de bloquear determinados aplicativos ou sites;
  • Visualização do histórico de navegação;
  • Geofencing: possibilidade de determinar uma zona em que a pessoa pode transitar, de forma que você receberá uma mensagem sempre que a pessoa deixar essa área demarcada, em posse de seu celular, tablet ou computador.

Essa é apenas uma mostra dos poderosos recursos que esses apps têm a oferecer. O melhor disso tudo, porém, é que eles permitem que você faça tudo isso de maneira remota, sem que a pessoa monitorada sequer saiba o que se passa.

Isso porque uma vez instalados, esses aplicativos não deixam nenhum rastro no dispositivo monitorado, a exemplos de ícones ou extensões, nem alteram o funcionamento do aparelho ou a capacidade da duração da bateria dele.

Dessa maneira, no caso de um filho que é rastreado por seus pais com um aplicativo espião, não há brechas para discussões familiares sobre privacidade ou quebra de confiança na relação pai/mãe e filhos.

 A combinação perfeita de segurança para seus filhos e a retomada da sua paz de espírito.

Conhecia essas medidas? Quer saber mais sobre os aplicativos espiões?

Deixe suas dúvidas nos comentários que constantemente traremos novas informações sobre como você pode proteger a sua família no vasto mundo da Internet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.