Ex-policial condenado por homicídio e latrocínio em Montes Claros é preso em Contagem

1

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu o mandado de prisão de um ex-policial militar, nesta quinta-feira (12/12/2019), no bairro Industrial, em Contagem. Laércio Soares de Melo, de 55 anos, foi preso pelo crime de latrocínio, cometido em Montes Claros, no Norte de Minas.

O ex-policial foi preso pela PCMG após o compartilhamento de informações entre policiais civis da Delegacia de Crimes Contra a Vida em Montes Claros com a Patrulha Unificada Metropolitana de Apoio (Puma).

Segundo o chefe do 1º Departamento de Polícia Civil em BH, Delegado Geral Wagner Sales, o suspeito foi condenado a 31 anos de prisão pelos crimes de latrocínio e ocultação de cadáver, em 2003, sendo a vítima Gilberto Martins. “A motivação era a cobiça dos bens alheios. O suspeito criava uma relação de amizade com a vítima, fazia negócios referentes a veículos e imóveis para conseguir auferir vantagem e, posteriormente, ele ‘abatia’ a vítima”, disse Sales.

Laércio já possui outra condenação, de 14 anos, pelo homicídio de Francisco Santos Filho (conhecido como Chiquinho Despachante), em 2009, em Montes Claros. Nesse caso, o corpo da vítima não foi encontrado.

O Delegado ainda destacou que o suspeito chegava a consolar familiares após os crimes. “Laércio, após matar as vítimas, oferecia ajuda para localizar as pessoas que estariam, supostamente, desaparecidas, o que demonstra frieza e desrespeito pela vida humana e a dor alheia”, concluiu Sales.

O ex-militar Laercio Soares, de 55 anos, foi preso em Contagem — Foto: Reprodução / TV Globo

VER PRIMEIRO: Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.