Feriadão deixou 22 mortos e 200 feridos em rodovias federais de Minas Gerais

0

Apesar de todos os alertas feitos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) sobre os riscos de um feriado com chuva, um alto índice de letalidade foi registrado nas estradas mineiras durante a Operação Proclamação de República 2019.

Nos acidentes mais graves, chuva e falhas humanas foram fatores determinantes para que esse feriado prolongado se transformasse no mais violento de 2019. Houve colisões frontais, capotamentos, atropelamentos, colisões com objeto fixo e saída de leito carroçável.

Ao todo, as estradas federais sob circunscrição da PRF em Minas Gerais registraram 147 acidentes com 22 mortos e 200 feridos. Em 2018, mesmo com um dia a mais, a Operação Proclamação da República registrou 123 acidentes com 199 feridos e nove mortos.

Além disso, o último feriado prolongado do ano foi também o mais letal de 2019 e teve, inclusive, mais mortos do que o Carnaval, que tradicionalmente é a época mais perigosa do ano nas estradas. No Carnaval deste ano, nove pessoas morreram, menos da metade do número registrado durante a Operação Proclamação da República.

Cinco pessoas morreram em acidente entre carro e ônibus na BR-262, em Campos Altos — Foto: PRF Araxá/Divulgação

Balanço completo da Operação Proclamação da República 2019

Foto: Reprodução / PRF
Foto: Reprodução / PRF

VER PRIMEIRO: Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.