Semana do Empreendedorismo Sebrae Nanuque

Um menino de três anos perdeu parte do pênis durante uma cirurgia de fimose. O procedimento foi realizado em 16 de setembro, na cidade de Malacacheta, no Vale do Mucuri. Por meio de um inquérito, a Polícia Civil (PC) investiga se houve erro médico. 

De acordo com familiares, a criança realizou o procedimento em um hospital da cidade. Conforme parentes, a cirurgia que era para ter durado 40 minutos, demorou 4 horas. A ausência do membro só foi percebida quando o menino foi transferido para o hospital Santa Rosália, em Teófilo Otoni. Uma gaze teria sido colocada no lugar para simular o pênis. 

O médico que realizou a cirurgia morreu dois dias após o procedimento. Contudo, as causas são desconhecidas. A PC também investiga o óbito.

O pai do menino, que não terá identidade revelada, diz que luta para ter os “respaldos e esclarecimentos” sobre a “barbaridade cometida”. Ele também cita um possível “corporativismo” por parte da classe médica. 

Durante o período em que a criança ficou internada, a família diz ter gasto mais R$ 10 mil, quantia que foi obtida por meio de empréstimo. Possíveis procedimentos para reconstrução do membro ou implante são estudados. 

VER PRIMEIRO: Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.