Vestibular abre vagas para novo curso superior no IFNMG-Campus Araçuaí

0

Uma das novidades desta edição do Vestibular do IFNMG, que está com inscrições abertas até 31/10/19, é a oferta de vagas para o novo curso superior do Campus Araçuaí: Tecnologia em Gestão em Saúde. São 40 vagas para o primeiro semestre de 2020, sendo 20 para ingresso pelo Vestibular e 20 a serem preenchidas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação, que levará em conta as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Ao final do curso, o profissional de nível superior receberá o título de tecnólogo em Gestão em Saúde.

Os futuros alunos do curso terão pela frente três anos de formação, com 90% da carga horária destinada a  disciplinas presenciais, realizadas no período noturno, no Campus Araçuaí, situado na Fazenda do Meio Pé da Serra, s/nº, BR 367, km 278. A formação incluirá disciplinas, conteúdos e atividades relacionados à formação específica do profissional de Gestão em Saúde e também à inserção dos estudantes no debate contemporâneo mais amplo, envolvendo questões culturais, sociais, econômicas e o conhecimento sobre o desenvolvimento humano, relacionando-se a cultura geral e a profissional.

O restante da carga horária será distribuído entre disciplinas na modalidade de educação a distância (EAD), trabalho de conclusão de curso (TCC) e atividades complementares. Na modalidade EAD, há previsão de oferta tanto de disciplinas obrigatórias, da matriz curricular, quanto disciplinas extracurriculares, que não são obrigatórias, mas sugeridas ao acadêmico como forma de complementar sua formação. O TCC será desenvolvido pelo aluno ao longo do curso, sob a orientação de um professor, resultando em um artigo científico ou projeto técnico. Será exigido do estudante, ainda, o envolvimento em atividades complementares, tais como trabalhos de iniciação científica, projetos multidisciplinares, visitas técnicas, trabalhos em equipe, desenvolvimento de protótipos, monitorias, participação em empresas juniores, outras atividades empreendedoras e estágio curricular não obrigatório.

Para mais informações sobre o funcionamento do curso, confira o projeto pedagógico.

Mercado em crescimento

A criação do curso superior de Tecnologia em Gestão em Saúde vai aliar o atendimento de duas demandas principais, uma do mercado de serviços de saúde, de forma mais ampla, e outra regional. Em primeiro lugar, então, atenderia a necessidade de profissionalização da gestão dos serviços de saúde e organizações hospitalares, públicos e privados, que se mostra como tendência. Nesse meio, como em qualquer negócio ou serviço, empregar os recursos de forma eficiente e eficaz não somente influencia os resultados como também afeta sua capacidade de sobrevivência no mercado ou de continuidade na prestação do serviço. O custo crescente dos procedimentos, a incorporação contínua de tecnologia de ponta e a demanda por qualidade de serviços têm obrigado as instituições e os empreendimentos da área a selecionar recursos humanos com grau de conhecimento especializado, tornando necessária a formação de seus colaboradores em todo território nacional, como os tecnólogos em Gestão em Saúde.

Em termos regionais, como destaca o coordenador do curso, professor Ricardo Jardim Neiva, tem-se o crescimento da rede de assistência em saúde, tanto no setor privado quanto público, o que torna a demanda por profissionais especializados nesse campo de gestão ainda mais premente. No contexto do Vale do Jequitinhonha, o município de Araçuaí tem se tornado uma referência de prestação desse tipo de serviços. “A demanda foi, inicialmente, identificada a partir de relatórios de pesquisa aplicada à comunidade e confirmada nos debates promovidos com entidades, organizações e movimentos representantes das áreas de interesse do curso”, explica o diretor-geral do IFNMG-Campus Araçuaí, professor Aécio Oliveira de Miranda.

O futuro tecnólogo em Gestão em Saúde será preparado para, entre outros: gerenciar processos de trabalho, sistemas de informação, recursos humanos, recursos materiais e financeiros em saúde; coordenar o planejamento estratégico das instituições de saúde; estabelecer mecanismos de controle de compras e custos; estruturar áreas de apoio e logística dos diversos serviços de saúde; supervisionar contratos e convênios; gerenciar a qualidade dos serviços e os indicadores de desempenho na gestão de organizações de saúde; desenvolver programas de ampliação e avaliação de tecnologias em saúde; estudar a viabilidade técnica e econômica da implantação de unidades de saúde e demais organizações da cadeia produtiva de bens e serviços, bem como planejar, projetar, especificar, supervisionar, coordenar e orientar tecnicamente tais implantações.

A ideia do curso, como explica Ricardo Neiva, é capacitar os profissionais para gestão de unidades vinculadas à saúde em todas as especialidades existentes no mercado. Como exemplos de lugares em que esses profissionais poderão atuar, o professor cita hospitais, maternidades, ambulatórios, policlínicas, consultórios médicos e odontológicos, clínicas de atendimentos diversos, laboratórios, home-care, consórcios de saúde, unidades básicas de saúde e secretarias de saúde.

Continuidade de estudos

O diretor-geral do Campus Araçuaí comemora a abertura do novo curso superior, o que, como ele destaca, “é sempre uma conquista para a comunidade, principalmente, em uma região que, tradicionalmente, foi alijada do investimento público em áreas sensíveis como a educação e a saúde”. Aécio de Miranda aponta, também, a importância do novo curso superior para o cumprimento da missão do IFNMG de oferecer à comunidade a chance de continuidade de estudos, em vários níveis, a chamada verticalização do ensino.

“Havia um desejo da comunidade de que abarcássemos um novo curso superior, e que fosse na área da saúde. Acreditamos que, assim, poderemos atender novos alunos e, também, egressos dos nossos cursos técnicos que estejam interessados em continuar seus estudos”, comenta Ricardo Neiva. Entre os cursos técnicos ofertados atualmente pelo Campus Araçuaí está Enfermagem, na modalidade subsequente ao ensino médio.

Vestibular

Para conquistar uma vaga para o curso superior de Tecnologia em Gestão em Saúde do IFNMG-Campus Araçuaí, é necessário ser aprovado no Vestibular, que está com inscrições abertas até o dia 31/10, somente pela internet. A taxa de inscrição é de R$ 45,00. Outra opção de ingressar no curso será pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação, que levará em conta as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019.

Tanto no Vestibular quanto no Sisu, o IFNMG reserva metade das vagas para estudantes vindos de escolas públicas, parte delas para candidatos de baixa renda, autodeclarados pretos, pardos e indígenas e pessoas com deficiência. Da outra metade das vagas, destinadas a quem não estudou todo o ensino médio em escola pública, 5% são reservadas para pessoas com deficiência.

As provas do Vestibular serão aplicadas no dia 01/12/19, em dois turnos. Na parte da manhã, serão 30 questões de múltipla escolha, sendo 15 de Língua Portuguesa, 5 de Literatura Brasileira e 10 de Língua Estrangeira (Espanhol ou Inglês), e uma redação. À tarde, haverá prova com 20 questões de múltipla escolha de matérias específicas, de acordo com o curso pretendido pelo candidato, conforme descrito no edital do Vestibular. No caso dos candidatos ao curso superior de Tecnologia em Gestão em Saúde, as provas específicas serão de Biologia e Matemática (confira o conteúdo programático)

Todas as informações sobre o Vestibular para cursos superiores estão disponíveis no Edital nº 136/2019. Em caso de dúvidas, os candidatos podem entrar em contato com o IFNMG pelo email copec@ifnmg.edu.br.

VER PRIMEIRO: Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.