Mineiro morre ao tentar atravessar a fronteira entre México e Estados Unidos

0

O produtor rural Ivandro Ramos Santiago, de 38 anos, morreu ao tentar atravessar a perigosa travessia da fronteira entre o México e os Estado Unidos. A morte do mineiro, que morava com a esposa e o neto dela, na zona rural de Itaipé, no Vale do Mucuri, foi confirmada a reportagem, neste sábado (14/09/2019), por um amigo dele.

Segundo o amigo, que pediu para não ter o nome identificado, o produtor rural viajou rumo ao México no dia 24 de agosto, porém, na semana passada, a notícia da morte foi dada ao enteado da vítima. “Não sabemos muita coisa. Parece que ele foi para lá para tentar uma vida melhor. Nos disseram que, durante a travessia, ele passou mal e caiu de um muro. Parece que ele bateu a cabeça nas pedras e foi parar dentro do rio, sendo levado pela correnteza. Depois de ele ir, ficou uns dias sem fazer contato. Na semana passada, ligaram dizendo que ele havia morrido”, contou o amigo de Santiago.

Depois da confirmação da morte, amigos do produtor rural agora fazem uma campanha para tentar arrecadar dinheiro para trazer o corpo de Santiago ao Brasil. De acordo com o amigo da vítima, o custo do translado é avaliado em R$ 10 mil. “Ele era muito querido, uma pessoa bacana e muito prestativa. Sempre procurou ajudar as pessoas. Ninguém aqui tem o que reclamar dele. Era trabalhador e, todo fim de semana, gostava de bater bola com os meninos. Ele merece ter um enterro digno”, lamentou o amigo. “Ele era órfão de mãe e de pai. Tem aqui mais três irmãs e um irmão”, completou.

Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal

Para ajudar

Interessados em ajudar, podem fazer um depósito na conta de Maria Elza Dias dos Santos, no banco Itaú, agência 5564, conta corrente 13.576-1.

Posição do Itamaraty

Por meio de nota, o Ministério das Relações Exteriores informou que acompanha o caso e presta a assistência consular cabível. “Em atendimento ao direito à privacidade dos envolvidos, bem como à Lei de Acesso à Informação e ao decreto número 7.724, o Itamaraty não pode fornecer informações adicionais sobre o assunto”, completou a nota.

VER PRIMEIRO: Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.