Homem que tentou matar ex-namorada em Nanuque é condenado a 12 anos de prisão

0

No mês em que a Lei Maria da Penha completa 13 anos e em que se realiza a campanha Agosto Lilás, em combate à violência contra a mulher, o Tribunal do Júri da Comarca de Nanuque condenou Robson Alves de Araújo, de 26 anos, nesta terça-feira, à pena de 12 anos de reclusão pelo crime de tentativa de homicídio contra a ex-namorada.


[adrotate banner=”26″]



O regime de cumprimento da pena é o inicialmente fechado e o réu deve permanecer recolhido. A sessão do júri foi presidida pela juíza da 2ª Vara Cível, Criminal e de Execuções Penais de Nanuque, Aline Gomes dos Santos Silva.

O crime foi cometido no dia 8 de agosto de 2018, por motivo torpe (ciúme), mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, sendo ela surpreendida à noite e em razão da condição do sexo feminino, decorrente do contexto de violência doméstica.

De acordo com os autos, o crime foi cometido quando a jovem retornava da escola. Ela foi surpreendida pelo réu, que surgiu de trás de um caminhão e foi em sua direção com a arma em punho. A arma foi encostada no corpo da vítima que só não foi atingida no peito e de frente porque conseguiu se desvencilhar.

O crime alterou toda a rotina de vida da vítima e de sua família. Elas tiveram de mudar de casa por medo de o réu retornar ao local, uma vez que ele foragiu logo após o crime. A vítima necessitou ainda de acompanhamento psicológico. O réu foi preso em 17 de setembro de 2018.

Ao fixar a pena, a magistrada analisou o comportamento da vítima – ressaltando que não há evidências de que tenha contribuído para o crime –, a conduta do réu, o motivo e as consequências do crime, entre outras circunstâncias.

A juíza negou a substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direito e o “sursis” (suspensão condicional da pena), tendo em vista o total da pena aplicada. Manteve a prisão preventiva do réu para assegurar o cumprimento da lei penal, sobretudo em razão da gravidade do crime.

Dessa decisão cabe recurso.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:



[adrotate banner=”27″]

(Fonte: TJMG)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.