Jovem estelionatário é preso em Governador Valadares

0

Um jovem de 20 anos foi preso na tarde dessa sexta-feira (02/08/2019) suspeito do crime de estelionato em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce. O suspeito usava cartões clonados para pagar corridas em aplicativos de transporte de passageiros e comidas.






Segundo a Polícia Militar, o proprietário de um aplicativo de transporte detectou uma série de corridas pagas com cartão, mas em seguida o valor sumia. Os cartões eram clonados e os proprietários, ao notarem o sumiço do dinheiro, procuravam suas agências bancárias que ressarciam os valores e retiravam da conta do aplicativo. O suspeito utilizava inúmeros perfis, porém um mesmo número de telefone, o que facilitou para a sua prisão.

Nesta sexta-feira não foi diferente, o rapaz pediu a corrida, porém, o proprietário do aplicativo orientou que o motorista dirigisse até uma companhia de polícia ou base policial com o suspeito e seguiu o carro. O motorista foi com o veículo até a sede da companhia de Polícia Militar Ambiental no Bairro Ilha dos Araújos, que realizou a prisão do suspeito.

O jovem contou à polícia que adquiria através de grupos de WhatsApp as informações dos cartões e pessoais das vítimas e assim inseria os dados em aplicativos de compras usando os cartões clonados para os pagamentos.

No momento da prisão, a polícia apreendeu quatro celulares com o suspeito, dinheiro e cartões.

O estelionatário, em um mês, aplicou o golpe pelo menos 95 vezes em um aplicativo de transporte, causando um prejuízo de R$ 2 mil. A polícia investiga outros estabelecimentos que possam ter sido alvo do suspeito.

Foto: Leandro Silva/Reprodução

Leandro Silva | Aconteceu no Vale
Publicado em: 03/08/2019, às 19h16

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.