Home / Norte de Minas / Produtores de leite e queijo de Porteirinha devem regularizar atividade até o fim de junho

Produtores de leite e queijo de Porteirinha devem regularizar atividade até o fim de junho

Os produtores de leite e queijo da região de Porteirinha, no Norte de Minas, deverão melhorar as condições de produção, revenda e transporte do queijo produzido no município até o fim do mês de junho. O prazo foi estipulado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) após audiência pública realizada, no mês de maio, por meio da Promotoria de Justiça de Porteirinha, com produtores e a população para discutir os problemas da atividade na região.





O encontro reuniu cerca de 320 pessoas no Centro Cultural Anísio Santos, em Porteirinha, e faz parte das atividades do Procon-MG, órgão integrante do MPMG, no âmbito do Plano Geral de Atuação (PGA) da instituição para o biênio 2018/2019.

O objetivo do encontro foi ouvir os produtores de leite e de queijo sobre a regularização da atividade, que teve início em 2004. Entre os problemas do setor na região estão as condições precárias na produção, transporte, rotulagem e comercialização, irregularidades no acondicionamento dos produtos e falta de selo de inspeção que assegura a qualidade sanitária das mercadorias.

O coordenador do Procon-MG, promotor de Justiça Amauri Artimos da Matta, ressaltou a importância das condições adequadas para a produção de queijo, visando a qualidade da mercadoria que será entregue ao consumidor. O promotor também frisou que a regularização valoriza o produto, trazendo riqueza ao município.

Porteirinha faz parte do Consórcio União da Serra Geral, que também abrange outros 15 municípios adjacentes. A cidade possui cerca de 2 mil produtores de leite e 150 produtores de queijo. A bacia leiteira de Porteirinha é responsável por 30% da produção de queijo da Serra Geral, gerando em torno de 4.300 empregos na região.

A audiência, que foi presidida pelo coordenador do Procon-MG, contou com a participação do promotor de Justiça da cidade Nielsen de Aguiar Rocha, de produtores de leite e de queijos, do prefeito da cidade, de representantes da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater), do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), da Associação Comercial e Industrial de Porteirinha (Aciport), do Banco Bradesco, do Sebrae/MG e do Consórcio União da Serra Geral.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: MPMG)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>