Homem é preso por saquear carga de caminhão que bateu em ônibus no Norte de Minas

0

Um homem de 45 anos foi preso na tarde de sábado (4) suspeito de saquear a carga de eletrodomésticos do caminhão que se envolveu em um acidente com um ônibus que transportava a delegação sub-15 do Bahia Esporte Clube, na BR-251, em Santa Cruz de Salinas, no Norte de Minas Gerais. Duas pessoas morreram e várias ficaram feridas no grave acidente.


[adrotate banner=”26″]



A Polícia Militar (PM) recebeu uma denúncia de que, instantes após a batida, algumas pessoas se aproveitaram para furtar parte da carga, transitando por estradas que dão acesso ao povoado de Tancredo Neves, mais conhecido como Cariri, carregando os materiais.

Além da denúncia, os policiais também receberam um vídeo que circula nas redes sociais, feito por um motorista que passava pelo lugar instantes após a batida, e que mostra pelo menos sete pessoas carregando diversas caixas de eletrodoméstico da carga. Segundo a corporação, os agentes conseguiram identificar o homem e o seu veículo, que aparece parado às margens da rodovia nas imagens.

Diante da informação, militares prepararam uma operação na zona rural das cidades de Cachoeira do Pajeú e Águas Vermelhas, tendo localizado um suspeito que tinha no quintal de seu sítio dois tanquinhos de lavar roupa. A cerca de 30 metros da cerca lateral da residência, outro tanquinho ainda foi localizado.

No local, a esposa do suspeito que estava na rua contou que o seu companheiro sabia que era errado furtar, mas que o fez mesmo assim. Instantes depois, o homem chegou ao local e foi abordado, confessando que foi avisado do acidente pela manhã e que se deslocou para o local com sua pick-up, uma Fiat Strada preta, para ver de qual carga de se tratava.

O suspeito relatou ainda que quando chegou, outras pessoas já estavam saqueando a carga e que, enquanto eles praticavam a ação, os passageiros feridos estavam saindo do ônibus. Ele foi preso em flagrante pelo furto e levado para a delegacia de Pedra Azul, também no Norte de Minas, que investigará o crime. O carro usado na ação não pode ser apreendido por falta de meios para rebocá-lo.

Ainda de acordo com a PM, o homem já foi preso em dezembro de 2017, no mesmo sítio, por receptação. Na época, quando os militares chegaram ao local, haviam dois caminhões, sendo um deles roubado, com várias pessoas transbordando a carga avaliada em R$ 1 milhão para o outro veículo.

VÍDEO:



FOTOS:

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Foto: Reprodução/WhatsApp

Foto: Reprodução/WhatsApp

Foto: Reprodução/WhatsApp

Foto: Reprodução/WhatsApp

Foto: Reprodução/WhatsApp

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:

[adrotate banner=”27″]

(Fonte: Hoje em Dia)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.