Home / Norte de Minas / Homem é preso por aplicar golpes em locadores de produtos para festas em Montes Claros

Homem é preso por aplicar golpes em locadores de produtos para festas em Montes Claros

Um homem de 37 anos, suspeito de aplicar golpes em empresários que locam produtos para festas, foi preso nesta terça-feira (02/04/2019) em Montes Claros, no Norte de Minas. Segundo informações da Polícia Militar (PM), o estelionatário atuava acionando os fornecedores e solicitando jogos de mesas de plástico para um suposto evento. Depois de ter recebido o material, ele desaparecia. O autor dava endereços de casas disponíveis para aluguel cadastradas em imobiliárias da cidade para receber as cadeiras e mesas; ele pegava as chaves na imobiliária se passando por possível locatário, recebia os jogos e furtava-os.





Quando o dono das mesas voltava para procurar o material, a casa já estava vazia e as chaves já haviam sido devolvidas à imobiliária. O homem vendia as mesas e cadeiras dizendo aos compradores que era filho de um dono de bar, e que o pai dele estava fechando o estabelecimento. Após registro de boletim de ocorrência feito por quatro vítimas, a PM conseguiu identificar o autor por fotos de redes sociais e pelo nome verdadeiro, que ele chegou a passar para dois empresários.

Depois de ter sido preso, o homem indicou a localização dos produtos. Pelo menos 35 jogos de mesas foram recuperados. Segundo a polícia, o autor chegou a repassar os produtos que roubou de uma vítima para a outra. “Uma vítima anterior que teve 15 jogos de mesas roubados conseguiu encontrar ele em uma das casas, no Bairro Dr. João Alves. Quando o encontrou, ele tinha acabado de receber dez jogos de mesa da outra vítima. Ele então sugeriu ceder os dez jogos que tinha acabado de receber e ficaria devendo cinco. Passou jogos de uma vítima para a outra”, explica o sargento PM Fabrício Ferreira.

O autor confessou a prática do crime e disse aos militares ter se envolvido no estelionato porque precisava de dinheiro. Um homem de 39 anos, suspeito de penhorar o material e atuar como agiota, também foi conduzido. A PM acredita que ele recebia o material e emprestava dinheiro ao autor de estelionato a juros exorbitantes. As mesas e cadeiras foram devolvidas aos donos. A PM não descarta que outras pessoas tenham sido vítimas do crime e orienta que os locadores formalizem a denúncia o quanto antes.

Os dois envolvidos foram levados à Delegacia de Polícia Civil. Na tarde desta terça-feira, a Polícia Civil informou que ambos foram ouvidos e liberados.

Foto: Divulgação/Polícia Militar

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: G1 Grande Minas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>