Home / Leste de Minas / Palitó é eleito novo prefeito de Santa Maria do Suaçuí

Palitó é eleito novo prefeito de Santa Maria do Suaçuí

O vereador Aristóteles Temponi Catarina (MDB), conhecido popularmente como Palitó, tomou posse como prefeito de Santa Maria do Suaçuí, no Vale do Rio Doce, após eleição indireta realizada pela Câmara na noite dessa segunda-feira (11/02/2019). O vice é Aristeu Rocha de Jesus (PV), o popular Teu.





“Já estou na prefeitura trabalhando, não podemos deixar a cidade parar. Nossa prioridade é avaliar a situação do município para definir nosso trabalho, mas já vamos dar uma atenção especial para a saúde, que está precisando. Montamos um secretariado técnico e com experiência e vamos trabalhar muito a partir de agora”, afirmou o prefeito eleito.

A eleição contou com chapa única que recebeu 8 votos favoráveis e um contrário. Aristóteles Catarina tem 64 anos, é servidor público aposentado e foi eleito vereador pela primeira vez em 2016. Ele foi o candidato mais votado no município, com 725 votos, que equivalem a 8,75% do eleitorado.

Mudanças na Câmara

Com a posse do novo prefeito, o vereador Jaci da Silva Pinto (MDB), o Sargento Jaci, que vinha exercendo o cargo de prefeito interino após a renúncia de João Fidel (PV), retorna ao cargo de Presidente da Câmara.

Os suplentes Sirlânio Inácio de Souza (PV), o Naim da Poaia, e Maria Beatriz Ferreira de Magalhães (SD), Beatriz Magalhães, ocuparão as vagas dos vereadores na Câmara.

Outro suplente a assumir é Adriano Duarte de Oliveira Rocha (MDB), o Dr. Adriano (Deca). Ele já havia tomado posse e ocupava o cargo enquanto o vereador Jaci Pinto estava como prefeito interino. Com a saída do vereador Nei Carlos Honorato Braga (PV), o Nei do Hospital, para ocupar o cargo de secretário municipal de Saúde, Deca assume a vaga deixada por ele.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Santa Maria do Suaçuí

Entenda o caso

Em 3 de janeiro deste ano o então prefeito João Fidel (PV) renunciou ao cargo alegando motivos de saúde. Com a decisão, o Presidente da Câmara, Jaci da Silva Pinto, tomou posse como prefeito interino.

A eleição indireta realizada na Câmara Municipal nesta segunda-feira (11) é prevista no artigo 93 da Lei Orgânica do município. A legislação municipal determina que, em caso de vacância do cargo de prefeito nos últimos dois anos do mandato, o cargo é preenchido por meio de eleição realizada pelos próprios vereadores no prazo de 30 dias.

O pleito indireto estava marcado para o dia 3 de fevereiro, mas o processo foi suspenso por meio de liminar movida pelo Ministério Público para apurar suposto esquema criminoso envolvendo agentes políticos e particulares. A denúncia recebida pelo MP acusava o ex-prefeito de ter recebido propina e ter sido ameaçado para renunciar, bem como afirmava ainda que um dos vereadores já teria comprado votos para se eleger.

A Câmara Municipal recorreu e conseguiu a suspensão da liminar no dia 8 de fevereiro. O Tribunal de Justiça de Minas Gerais considerou que as provas apresentadas pelo MP eram frágeis e não havia irregularidades no processo eleitoral.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: G1 Vales)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>