Home / Minas Gerais / Conheça Pedro Aihara, o jovem porta-voz do Corpo de Bombeiros em Brumadinho

Conheça Pedro Aihara, o jovem porta-voz do Corpo de Bombeiros em Brumadinho

Já conhecido em Minas Gerais por atuar no setor de comunicação do Corpo de Bombeiros, o jovem tenente Pedro Aihara, de apenas 25 anos, vem ganhando notoriedade em todo o país. Com a tragédia de Brumadinho, o militar assumiu o posto de porta-voz da corporação no local. Ele sempre atende os jornalistas de forma séria, mas também bastante educada e atenciosa.





Aihara, que entrou para a corporação aos 18 anos, é formado em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e também em ciências militares, com ênfase em gestão e prevenção de catástrofes, pelo Corpo de Bombeiros.

O militar tem ainda formação em gestão de projetos pela Universidade de São Paulo (USP) e em prevenção de desastres pela Universidade de Yamaguchi (Japão).

O jovem ganhou milhares de seguidores no Instagram após o rompimento da barragem. Na rede social, ele mostra o orgulho pela profissão e os momentos divertidos ao lado da família.

Foto: Reprodução / Instagram Pedro Aihara

Aihara agradece carinho nas redes

Em publicação no Instagram, na madrugada desta terça-feira (29), o tenente Pedro Aihara comentou a fama repentina e disse que é impossível responder a todas as mensagens. No texto, agradeceu cada manifestação de carinho que diz estar recebendo em nome da corporação.

“É impossível responder a todas as mensagens nesse momento tão triste e corrido. Só gostaria de agradecer, do fundo do meu coração, a cada manifestação de carinho e apoio que tenho recebido em nome da minha Corporação. Peço a Deus todos os dias que ilumine a mim e aos meus companheiros para que possamos exercer nossa profissão de modo a diminuir um pouco do sofrimento das vítimas e de suas famílias. Para mim, isso nunca foi e nunca será apenas uma profissão. Cada vida conta e conta muito. E dói. Tragédia não escolhe classe social, cor, preferência política. Hoje é a família de outra pessoa, mas poderia ter sido a minha. E é também tendo isso em mente que nós continuaremos incansavelmente, pois maior que qualquer tragédia será sempre a nossa esperança e a nossa fé. Não desejo nem mereço nenhum tipo de reconhecimento ou aplauso, desejo apenas que meu trabalho seja capaz de transmitir o meu respeito e a minha solidariedade por tantas pessoas que sofrem agora com essas perdas tão abruptas. Que vocês saibam que cada oração e gentileza recebidas tem sido combustível para que tente me fazer digno dessa missão.”, registrou.


Leia mais

- COBERTURA COMPLETA DA TRAGÉDIA EM BRUMADINHO

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: O Tempo e Estado de Minas)

1 Comentário

  1. Sr.Tenente Pedro Aihara.
    Diante seu belissimo e meritorio empenho em solucionar e organizar a busca pelos corpos soterados na lama em Brumadinho. Com todo respeito,gostaria de sugerir ao sr. o uso da Radiestesia
    atraves de um simples aparelho chamado ,Dual Rod que manejado por um conhecedor experimentado
    e abalizado pela Soc.de Radiestesia poderia muito ajudar na busca dos corpos soterados. Envio-lhe esta
    por mera sugerencia no afã de encontrar uma soluçao p.este triste acontecimento.
    atenciosamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>