Home / Minas Gerais / Barragem da Vale se rompe na RMBH

Barragem da Vale se rompe na RMBH

Uma barragem da mineradora Vale rompeu-se no município de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). Imagens aéreas divulgadas inicialmente pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais (CBMMG) mostram que um mar de lama destruiu casas da região do Córrego do Feijão. Além dos bombeiros, a Defesa Civil, a Polícia Civil e diversas autoridades também estão no local.

A Vale, empresa responsável pela barragem, divulgou nota logo após o acidente. “As primeiras informações indicam que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Ainda não há confirmação se há feridos no local. A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens”, informou a empresa.

Segundo a empresa, a prioridade é “preservar e proteger a vida de empregados e de integrantes da comunidade”. O comunicado não explica a causa do rompimento.




A prefeitura lançou um comunicado em suas contas nas redes sociais pedindo que os moradores fiquem longe do leito do Rio Paraopeba.

De acordo com a Defesa Civil, os moradores que moram na parte mais baixa da cidade estão sendo retirados das casas.

A Polícia Rodoviária Estadual informou que a MG-040, entre as cidades de Brumadinho e Mário Campos, está totalmente interditada por causa do rompimento da barragem.

Uma força-tarefa do Governo de Minas Gerais já está no local do rompimento da barragem. “O governo de Minas Gerais já designou a formação de um gabinete estratégico de crise para acompanhar de perto as ações”, disse por meio de nota.

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Foto: Reprodução/Redes Sociais


Leia mais

- Corpo de Bombeiros estima que 200 pessoas estão desaparecidas após rompimento de barragem em Brumadinho

- Hospital João XXIII recebe vítimas de rompimento da barragem em Brumadinho

- Municípios vizinhos a Brumadinho divulgam alertas à população

- Vale admite possibilidade de vítimas em rompimento de barragem em Minas

- Presidente lamenta rompimento de barragem em Brumadinho

- Ministério Público envia equipe para avaliar danos após rompimento de barragem da Vale

- Mantenha distância do leito do Rio Paraopeba, alerta Prefeitura de Brumadinho

- Bombeiros sobrevoam área afetada por rompimento de barragem da Vale

- Ações da Vale nos Estados Unidos caem 10% após rompimento de barragem em Brumadinho

- A cidade está um pandemônio, relata moradora de Brumadinho

- Instituto Inhotim é evacuado após rompimento de barragem da Vale

- Defesa Civil Nacional vai a Brumadinho para avaliar situação


Vídeos da lama

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram o estrago causado pela lama (veja abaixo). “O Feijão acabou com tudo, com restaurante, tava todo mundo almoçando. Acabou com tudo, acabou com tudo, tem nada mais”, diz o autor das imagens.






Nota da Vale

Veja a íntegra do texto:

“A Vale informa que ocorreu, no início da tarde de hoje, o rompimento de uma barragem na Mina Feijão, em Brumadinho (MG). As primeiras informações indicam que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Ainda não há confirmação se há feridos no local. A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens.

A prioridade total da Vale, neste momento, é preservar e proteger a vida de empregados e de integrantes da comunidade.

A companhia vai continuar fornecendo informações assim que confirmadas.”


Nota do governo

“Uma força-tarefa do Estado de Minas Gerais já está no local do rompimento da barragem em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, para acompanhar e tomar as primeiras medidas.

O Corpo de Bombeiros por meio do Batalhão de Emergências Ambientais, e a Defesa Civil também já estão no local da ocorrência trabalhando e há dois helicópteros sobrevoando a região.

O Governo de Minas Gerais já designou a formação de um gabinete estratégico de crise para acompanhar de perto as ações. Assim que houver mais informações, o Governo de Minas Gerais emitirá novos comunicado”

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: G1 Minas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>