Home / Minas Gerais / Romeu Zema anuncia secretário de Segurança Pública

Romeu Zema anuncia secretário de Segurança Pública

O governador eleito de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO), anunciou nesta quarta-feira (12/12/2018), em publicação em suas redes sociais, o nome do seu secretário de Segurança Pública, pasta que vai reunir as atuais secretarias de Defesa Social e Administração Prisional. O responsável pela área vai ser o general de Divisão da reserva do Exército Mario Lucio Alves de Araujo, de 62 anos.

“Estamos trazendo uma pessoa com um currículo admirável na área militar e com a experiência de já ter sido chefe do Estado-Maior e Comandante da 4ª Região Militar em Belo Horizonte”, afirmou o governador eleito Romeu Zema. O secretário de Segurança Pública será o responsável pela interlocução com as forças policiais mineiras, agentes penitenciários e com o Corpo de Bombeiros.

(Foto: Divulgação/NOVO)

O secretário

Mineiro de Montes Claros, no Norte do Estado, o general Mario Araujo tem formação de oficial de Infantaria e bacharelado em Ciências Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende (RJ), concluídos em 1977. Possui curso de aperfeiçoamento em Infantaria, mestrado e doutorado em Ciências Militares e curso de Comando e Estado-Maior, no Rio de Janeiro (RJ).

Também tem curso de Política, Estratégia e Alta Administração pela Escola de Alto Comando e Estado-Maior do Exército. No âmbito profissional, o general foi o Comandante da 4ª Região Militar em Belo Horizonte (MG), entre 2014 e 2015. Foi chefe do Estado-Maior da regional militar mineira entre 2006 e 2007.

Como comandante, esteve à frente do 39º Batalhão de Infantaria Leve de Osasco (SP), entre 2001 e 2002, da 23ª Brigada de Infantaria de Selva, em Marabá (PA), de 2008 a 2009, e da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais no Rio de Janeiro (2010-2011). Na Copa do Mundo do Brasil em 2014, o general Araujo fez o trabalho de coordenação e controle da segurança do evento que contou com o apoio da Força Nacional de Segurança Pública, que reúne policiais e bombeiros dos grupos de elite dos estados, além das polícias em âmbito federal.

Em nível internacional, o general Mario Araujo teve experiência como adido militar brasileiro junto à Embaixada do Brasil no Uruguai, de 2004 a 2005, e foi observador militar na Missão de Verificação de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU), em Angola, em 1997, além do curso de Operações Militares em Terreno Montanhoso, no Centro de Treinamento de Guerra do Norte do Exército dos Estados Unidos no Fort Greely, no Alasca (1982).

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>