Home / Norte de Minas / Ibama apreende animais em extinção em criadouros irregulares no Norte de Minas

Ibama apreende animais em extinção em criadouros irregulares no Norte de Minas

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreendeu em cidades do Norte de Minas, entre os dias 15 e 20 de outubro, cerca de 400 animais em criadouros considerados irregulares. Segundo o órgão, que divulgou o balanço das ações nesta terça-feira (30), 55 locais que abrigam animais silvestres foram vistoriados; 33 deles tiveram licenças ambientais suspensas. Os responsáveis foram alvos de 40 autos de infração, que totalizaram multas de R$ 768,5 mil.

A operação ocorreu nos municípios de Pirapora, Várzea da Palma, Buritizeiro, Brasília de Minas, São Francisco, Lontra, Japonvar, Minas Novas e São João da Ponte. Além de terem a licença ambiental suspensa, os criadouros flagrados com irregularidades poderão receber outras penalidades conforme rege legislação, segundo o Ibama. O órgão explicou que os relatórios de fiscalização serão encaminhados ao Ministério Público Federal para apuração de responsabilidade na área criminal.

Animais apreendidos

A suspeita é de que alguns animais seriam traficados pelos responsáveis dos criadouros. Durante a operação, 315 pássaros foram apreendidos, além de 4 jabutis, 2 papagaios e três periquitos-do-encontro-amarelo. Entre os pássaros apreendidos havia espécies ameaçadas de extinção, como o curió e o bicudo. Anilhas utilizadas como braceletes que identificam os animais também foram apreendidas por suspeita de adulteração ou falsificação. Aves sem anilhas e animais em condições de maus-tratos foram encontrados pelos agentes.

O Ibama informou ainda que foi constatada a entrega de 121 declarações falsas de nascimento de animais ao sistema de registro do órgão, quando o infrator declara o nascimento de um filhote no criadouro, mas o animal foi retirado de seu habitat por traficantes.

A fiscalização teve apoio de órgãos fiscalizadores da região do Norte de Minas e teve como alvo criadouros cadastrados no Sistema de Controle e Monitoramento da Atividade de Criação Amadora de Pássaros (SisPass) do Ibama que apresentaram irregularidades. Todos os animais foram levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama em Montes Claros.

Agentes do Ibama encontraram nos criadouros espécies em extinção – Foto: Ibama/Divulgação

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: G1 Grande Minas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>