Poderá o Dubai tornar-se na cidade mais sustentável do mundo?

0

Uma cidade sustentável é aquela que oferece a melhor qualidade de vida juntando a isso uma menor pegada ambiental e, ainda assim, garantir que o futuro das próximas gerações está assegurado. No caso do Dubai, talvez possa parecer complicado porque associamos a cidade a uma mega estrutura criada pela mão humana, muito recentemente e no meio do deserto. Como uma cidade que fica no meio do deserto e tem alguns dos edifícios mais caros e projetos mais ambiciosos se pode tornar na cidade mais sustentável do mundo?

Na verdade, existem já outros projetos noutros países, inclusive no Brasil, que vão implementar o conceito de cidade sustentável, contudo, no Dubai o caso é bem diferente por que se trata de uma cidade com tanto investimento e tantos projetos correndo ao mesmo tempo e nesse preciso momento que se torna complicado de determinar essa possibilidade.

Recentemente o Sheikh Moahmmed do Dubai anunciou 5 medidas que vão concretizar esse plano numa escala nunca antes vista:
– Até 2030 todos os edifícios no Dubai terão painéis solares instalados;
– Criação de um fundo de empréstimos com juros quase inexistentes para quem executar, melhorar e trabalhar projetos de energia limpa no Dubai;
– Criar a Media City (Zona Verde) que é criada para atrair e desenvolver empresas de energia limpa em todo o mundo;
– Criação de um parque solar que já gera mais de 800 megawatts e até 2030 gerará mais de 5000 megawatts com um centro de inovação totalmente construído através de impressão 3D
– Criação da Desert Rose, uma cidade sustentável para mais de 160.000 pessoas com ligação à rede de metro do Dubai através de um trilho de trém eletrônico.

Esses são os planos principais de uma cidade que nos últimos anos vem atraindo cada vez mais investimento e interessados. O fato de se ter tornado um destino turístico de eleição também ajuda às pretensões do Sheikh. Ainda assim a escala desses planos tem uma dimensão nunca antes vista mas como a criação de uma cidade com ilhas artificiais, torres com quase 1km de altura, parques de diversões gigantescos e únicos e toda uma variedade de entretenimento única no mundo também, essa proeza parece cada vez mais uma realidade. Os primeiros passos já foram dados e o aproveitamento da energia solar do deserto, da energia das ondas e marés do mar, reaproveitamento da água utilizada e até o próprio design dos edíficios que requerem menos energia, menor quantidade de matéria e que ainda ajudam a produzir energia necessária vão contribuir para que isso se torne uma realidade. Isso juntando com a capacidade do Sheikh em conseguir reunir e atrair investidores e empresas para participarem de um projeto que era um sonho de família revela bem da sua capacidade para colocar planos em ação. Nesse caso, com toda a certeza, não será diferente e com todo o poderio financeiro e potencial do local essa será uma realidade mais próxima do que imaginamos.

Ao mesmo tempo, projetos semelhantes surgem um pouco por todo o mundo e prometem revolucionar a vida em sociedade, bem como, de todo o que envolve o crescimento de uma cidade. O futuro é prometedor e com empreitadas como essa podemos ter a certeza de que se trata de mais um passo para a sustentabilidade do nosso planeta a uma escala global.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.