Home / Brasil / Candidatos condenam ataque a Jair Bolsonaro

Candidatos condenam ataque a Jair Bolsonaro

Candidatos que disputam a Presidência da República se manifestaram nas redes sociais sobre o ataque sofrido pelo candidato do PSL, Jair Bolsonaro, na tarde de hoje (6/9/2018). Durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG), um homem atingiu Bolsonaro com uma faca.

O candidato pelo PDT, Ciro Gomes, se manifestou pelo Twitter, durante campanha em Caruaru, Pernambuco. “Repudio a violência como linguagem política, solidarizo-me com meu opositor e exijo que as autoridades identifiquem e punam os responsáveis por esta barbárie.

Marina Silva, candidata da Rede, considerou a violência contra Bolsonaro inadmissível e um atentado contra sua integridade física e a democracia. “Neste momento difícil que atravessa o nosso país, é preciso zelar com rigor pela defesa da vida humana e pela defesa da vida democrática e institucional do nosso país. Este atentado deve ser investigado e punido com todo rigor”, declarou Marina.

O candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, também comentou o fato em sua página do Twitter e declarou que espera que Bolsonaro se recupere rapidamente. “Política se faz com diálogo e convencimento, jamais com ódio. Qualquer ato de violência é deplorável. Esperamos que a investigação sobre o ataque ao deputado Jair Bolsonaro seja rápida, e a punição, exemplar”, declarou.

O candidato pelo partido Novo, João Amoedo, disse que nenhum ser humano deve passar por qualquer tipo de violência. “É lamentável e inaceitável o que aconteceu com o Jair Bolsonaro. Independentemente de divergências políticas, não é possível aceitar nenhum ato de violência. Que o agressor sofra as devidas punições. Meus votos de melhoras para o candidato”, disse.

O vice-candidato à Presidência pelo PT, Fernando Haddad, também se manifestou pelo Twitter. “Repudio totalmente qualquer ato de violência e desejo pronto restabelecimento a Jair Bolsonaro.”

Guilherme Boulos, candidato do Psol, criticou o ataque. “A violência não se justifica, não pode tomar o lugar do debate político. Repudiamos toda e qualquer ação de ódio e cobramos investigação sobre o fato.”

Henrique Meirelles, que concorre pelo PMDB, também repudiou o atentato e desejou a Bolsonaro pronta recuperação. “Lamento todo e qualquer tipo de violência. O Brasil precisa encontrar o equilíbrio e o caminho da paz. Temos que ter serenidade para apaziguar a divisão entre os brasileiros.”

“Sobre o episódio da facada no candidato Jair Bolsonaro, quero afirmar aqui que repudio todo e qualquer ato de violência. Por isso a violência nunca deve ser estimulada. Eu não estimulo.”, disse Álvaro Dias (Podemos).

A hashtag #forçabolsonaro está na lista de trendtopics do Twitter.

Minas Gerais

O candidato ao governo de Minas pelo PSDB, Antonio Anastasia, divulgou nota em sua página do Facebook condenando o atentado. “O atentado ocorrido há pouco contra o candidato a presidente da República, Jair Bolsonaro, é condenável e inaceitável. Independente de qual posição defende, nós não podemos aceitar, jamais, sob nenhum pretexto ou desculpa, uma situação dessas, com o risco de, ao contrário, colocarmos em xeque a própria democracia, conquistada por muitos brasileiros a duras penas. Fica, dessa forma, não só a minha solidariedade, mas minha cobrança enfática de uma apuração cuidadosa e pormenorizada para identificação do criminoso e sua célere punição, na forma da Lei.”

Confira imagens do momento em que Jair Bolsonaro é esfaqueado:







VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Com Agência Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>